Conecte-se agora

Famílias que se sustentam do lixão recebem cestas básicas de campanha em Rio Branco

Publicado

em

Cerca de 40 famílias que se sustentam com o trabalho de catar restos no Aterro de Resíduos Sólidos de Rio Branco, localizado na Transacreana, em Rio Branco, foram beneficiadas com a doação de cestas básicas, entregues pelo Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC. As doações pertencem ao projeto da Campanha Solidária, que vem atuando desde que a pandemia do novo coronavírus chegou ao Acre. Os mantimentos foram distribuídos aos trabalhadores que sobrevivem com o emprego no “lixão”.

Uma das catadoras, mãe de quatro filhos, agradeceu a doação. “Primeiramente, agradeço a Deus por ter dado essa oportunidade de sustentar minha família com este trabalho; depois, agradeço à Fecomércio, que veio aqui doar essa cesta básica e mais máscaras para nos proteger dessa doença”, disse Marilda Machado.

A campanha cona com apoio do projeto Mesa Brasil, do Sesc Acre. O também catador de resíduos Francisco das Chagas explicou que a dificuldade em conseguir emprego, há cinco anos, o levou a buscar a sobrevivência no lugar. “E aqui estamos sobrevivendo. Tem dias que faturamos; noutros, não”, acrescentando que muitas as ações sociais têm sido feitas por conta da pandemia. “O trabalho no aterro dificulta que eu vá em busca dessas doações, sou muito grato por estarem cooperando com a gente aqui”, agradeceu.

Desde 2009, o espaço, que antes era o único “lixão” da capital, foi desativado e transformado em aterro controlado e passou a receber apenas resíduos da construção civil e de demolição. Pessoas buscam diariamente por materiais recicláveis ou reutilizáveis, como ferro, cobre, alumínio e outros objetos que possam ser vendidos.

Com informações da Fecomércio-AC

 

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas