Conecte-se agora

Indígena diabético recebe alta após 12 dias na UTI por complicações da Covid-19

Publicado

em

O indígena do povo Puyanawa Vicenti de Souza Gadelha, de 22 anos, recebeu alta médica nesta quarta-feira, 17, após ficar internado por complicações graves da Covid-19. Morador da aldeia Barão, localizada no município de Mâncio Lima, ele pertence ao grupo de risco da doença e teve de ficar 12 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Juruá.

Apesar da diabetes, pressão alta e sobrepeso, Vicenti comemorou a alta médica por conseguir vencer a doença. Ele se emocionou bastante na saída do hospital e na chegada em casa. Segundo o paciente, foi muito bem tratado na unidade hospitalar. “Me senti bem cuidado o tempo todo e é um milagre eu estar em casa de novo com minha família . Só tenho a agradecer aos médicos e a todos”, contou emocionado.

O patriarca da aldeia Barão, Mário Puyanawa, pai do cacique Joel, segue internado e entubado no Hospital do Juruá. Outro indígena, Eliaquim Puyanawa, também está internado na unidade hospitalar.

Veja o vídeo:

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas