Conecte-se agora

Acre vai gastar mais de R$ 1 milhão com empresa para veiculação de videoaulas na rede pública

Publicado

em

O Secretário Estadual de Educação Mauro Sérgio Ferreira da Cruz, publicou na edição desta quarta-feira, 17, no Diário Oficial, a contratação, por meio de dispensa de licitação, da empresa Amazônia Cabo LTDA., que vai abocanhar mais de R$ 1,3 milhão para transmitir vídeo aulas para alunos da rede pública de ensino no Acre.

O que chama a atenção neste caso é que o governo tem uma emissora de televisão e também foi proposto pelo deputado estadual Daniel Zen, a possibilidade de uma parceria com a TV Assembleia.

O ac24horas questionou a SEE sobre os custos. A secretaria explicou que a primeira alternativa para que o conteúdo chegasse aos alunos impedidos de ir à escola por causa da pandemia foi a TV Aldeia. Ocorre que a emissora pública não fez a transição para o sistema digital e está há mais de dois anos fora do ar. Além da conversão do sistema, seria necessário fazer um alto investimento em equipamentos.

A secretaria afirmou que o estúdio da emissora pública já é usado para a gravação dos conteúdos que serão transmitidos pela empresa vencedora da licitação, que é de propriedade do Grupo Rede Amazônica.

A opção da TV Aleac foi descartada por que o sinal da emissora, segundo a SEE, não cobre nem a capital acreana inteira. O sinal só consegue alcançar 80% de Rio Branco. “Nós fizemos pesquisa de preço em todas as emissoras locais e empresas. A que mais atendeu às nossas necessidades foi a proposta da Amazon Sat que vai levar esse conteúdo para 12 municípios por meio das vídeo aulas”, afirma a assessoria de comunicação da secretaria de educação.

A contratação de uma outra empresa no valor de mais de R$ 300 mil reais de estúdio para gravação, edição e finalização foi justificada pela impossibilidade de gravar todo o conteúdo em um único estúdio. “Quando as transmissões começarem, não vai ter como parar. Vamos ter que ter conteúdo disponível. Apesar de já termos material pronto, um único estúdio não daria conta de atender toda a demanda de produção que precisamos”, afirma a SEE.

Os estudantes dos outros 10 municípios que não são contemplados com o sinal para a transmissão das videoaulas terão o material veiculado pelas rádios públicas, que são a Rádio Aldeia FM, Rádio Difusora e as demais emissoras do interior que fazem parte do Sistema Público de Comunicação.

A previsão, segundo a Secretaria Estadual de Educação (SEE), é que as videoaulas comecem a ser veiculadas a partir da próxima segunda-feira, dia 22.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas