Conecte-se agora

Familiares de presos protestam em frente ao Palácio Rio Branco

Publicado

em

Com cartazes e louvores, familiares de presos se reuniram na manhã nesta segunda-feira, 15, em frente o Palácio Rio Branco, no centro da Capital, para fazer um protesto pacífico pedindo melhores condições aos apenados. Falta de assistência médica e a alimentação são as principais queixas.

Segundo o líder do manifesto, o advogado Emanuel do Carmo, os apenados estariam enfrentando um tratamento desumano sob a tutela do Estado.

“Eles estão servindo almoço 16h da tarde para os presos. Pessoas estão adoecendo e segundo os presos, eles estão ficando bom “na tora”, ou seja, não tem médico ou enfermeiro. Muitas vezes quando vão servir o almoço é só arroz. Diante dessa situação, o grupo de familiares fizeram essa manifestação para pedir um tratamento mais humano aos apenados”, afirmou.

Em um dos cartazes, uma mulher que não quis se identificar, pede que o Estado liberte os apenados, já que não tem como prover condições básicas. “Se o Estado não consegue sustentar, libera que a gente sustenta”, afirmou.

Uma outra mulher defende que a alimentação não é regalia, e sim um direito básico. “Não queremos visitar, queremos tratamento digno aos nossos familiares”, relatou.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas