Conecte-se agora

Bolsonaro tem 42% de rejeição entre beneficiários do auxílio

Publicado

em

Um levantamento feito pelo DataPoder360 publicado nesta sexta-feira, 12, mostra que o governo do presidente Jair Bolsonaro tem uma taxa de 42% de desaprovação entre os brasileiros que receberam ou estão aguardando receber o auxílio emergencial de R$ 600. A rejeição tem 8 pontos percentuais a menos que a média geral (50%). Os que mais desaprovam o governo são os que dizem não saber sobre o auxílio: a taxa chega a 67%. Entre os que não estão aptos para receber o benefício, 57% desaprovam a administração federal.

Já a taxa de aprovação neste mesmo grupo de pessoas é de 48% entre os beneficiários do auxílio. Segundo a pesquisa, o percentual é maior do que a média de aprovação da administração federal entre todos os entrevistados (41%).

A pesquisa mostra ainda que 30% dos entrevistados receberam e outros 15% esperam para receber o benefício cujo objetivo é minimizar o impacto da crise econômica causada pela pandemia da covid-19 –doença causada pelo novo coronavírus.

O levantamento ocorreu de 8 a 10 de junho de 2020, por meio de ligações para telefones celulares e telefones fixos. 2.500 pessoas foram entrevistadas em 518 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

A pesquisa também indagou o entrevistado sobre a avaliação do governo Bolsonaro. Os que consideram a gestão bolsonarista como “ótima” ou “boa” somam 28%. No grupo que recebeu ou aguarda o auxílio emergencial, a avaliação positiva superou a média: foram 34% de “ótimo” ou “bom”.

Conforme o estudo, a rejeição ao governo segue em trajetória de alta, chegando a 47%. Os maiores percentuais de “ruim” ou “péssimo” estão entre os que não podem receber o benefício: 59% –12 pontos percentuais acima da média.

Entre os que tiveram o cadastro recusado para receber o benefício, 53% dizem desaprovar a administração federal e 48% avaliam o trabalho do presidente Jair Bolsonaro como “ruim” ou “péssimo”.

Considerando aqueles que realmente precisam do dinheiro, os desempregados e sem renda fixa, a pesquisa DataPoder360 mostra que 50% já receberam o dinheiro, enquanto 21% estão aguardando, 13% tiveram o cadastro recusado e 11% não estão aptos para receber.

Fonte: DataPoder360

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas