Conecte-se agora

Ex-reitor da Ufac critica MP que dá poderes ao Weintraub de nomear reitores sem eleições

Publicado

em

O ex-reitor da Universidade Federal do Acre (Ufac) Moacir Fecuri, usou o seu Facebook nesta quinta-feira, 11, para repudiar a Medida Provisória (MP) 979 publicada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que suspende a realização de eleições com listas tríplices para a escolha de dirigentes das instituições federais de ensino durante o período da emergência de saúde pública decorrente da pandemia da Covid-19.

A MP publicada na quarta-feira, 10, no Diário Oficial da União, autoriza o ministro da Educação Abraham Weintraub, nomear reitores e vice-reitores de universidades federais sem consulta à comunidade acadêmica. A regra pode ser aplicada para a substituição dos dirigentes que tiveram mandatos encerrados durante a pandemia de coronavírus.

Moacir Fecuri foi o primeiro primeiro reitor eleito no Brasil pela Ufac, em 1984, em pleno regime militar.

“A medida provisória 979 é digna do repúdio da comunidade acadêmica e da sociedade brasileira. A medida provisória 979 é perfeitamente coerente com a postura do Ministro do Meio Ambiente quando usou a tragédia nacional do Covid-19 para passar a boiada com medidas nocivas a questão ambiental. A MP 979 é exatamente isso, vamos colocar a pata dentro das Universidades e quando passar a pandemia voltamos a normalidade. Não se iludam, a pandemia infelizmente é duradoura e até o seu final a autonomia das nossas universidades estará irreversivelmente destruída”, afirmou.

O ex-reitor lembrou que a autonomia das universidades foi construída com lutas e muitos foram torturados.

“Muitos perderam a liberdade e muitos perderam a vida, a nossa autonomia está na base do processo de redemocratização do nosso país, é um processo histórico e irreversível. A MP 979 é uma tentativa que não deve ser apenas abortada mas nos obriga acender a luz de alerta porque novas investidas virão. Aquele que por ventura aceitar a indicação para reitor a revelia da comunidade acadêmica que seja expurgado do nosso meio porque não será digno de pertencer a academia”, externou.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas