Conecte-se agora

Policial penal se suicida em Tarauacá; IAPEN emite nota

Publicado

em

A depressão e o alcoolismo fizeram com que o policial penal Charles Alves Damasceno (41) cometesse um ato extremo na noite desta quarta-feira, 10, no município de Tarauacá.

Em sua residência, usou uma pistola para se suicidar com um tiro na cabeça. Segundo informou o IAPEN, Marcelo recebia acompanhamento psicológico da instituição. Casado, o policial penal deixa, além da esposa, três filhos.

A direção do IAPEN divulgou uma nota onde lamenta o falecimento de Charles:

NOTA DE PESAR

O presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Estado do Acre informa, com pesar, o falecimento de Antonio Charles Alves Damasceno, 41 anos, na noite desta quarta-feira, 10, no município de Tarauacá.

Antonio Charles era servidor efetivo do Iapen, ocupante do cargo de policial penal, desde 2011 e exercia suas atribuições na Unidade Penitenciária Moacir Prado, em Tarauacá.

O Iapen perde um bravo guerreiro, cumpridor das normas internas e que sempre se empenhou com garra, ânimo e dedicação, motivando seus pares no trabalho por um sistema eficiente, capaz de garantir a segurança ao longo da execução das penas impostas aos detentos e promover a ressocialização destes.

Como instituição, amigos de trabalho, colegas de equipe e demais servidores se unem em oração por todos os familiares, rogando a Deus para que, em sua infinita misericórdia, dê o conforto necessários, e que encontrem nele a força para esse momento de tristeza e dor.

“Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto, viverá. E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá.” João 11:25-26.

Rio Branco – AC, 10 de junho de 2020.

Arlenilson Cunha
Presidente do Iapen/AC

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas