Conecte-se agora

Josette

Publicado

em

Passei a noite de ontem e hoje estou até agora lendo e respondendo as mensagens e depoimentos deixados nas minhas redes sociais pelo falecimento de mamãe. Lembranças de amigos, familiares, alunos, gente espalhada pelo país e pelo mundo todo que, como eu, sentiu forte o baque dessa perda. Das centenas de postagens recebidas eu transcrevo alguns trechos.

‘…sempre foi uma referência na minha vida. Uma mulher forte guerreira, a frente do seu tempo. Uma estrela que brilhava sem querer ofuscar, repartia o seu brilho sem esperar nada em troca. Humana, acolhedora, sensível, alegre. … o seu legado continuará contribuindo para a educação e cultura de quem tiver inteligência e sensibilidade de desfrutar’.

‘…Perdi minha inspiração. Tenho pena das próximas gerações, que não poderão conviver uma professora tão inspiradora quanto a D. Josette Silveira Mello Feres. Fui aluno dela na escola pública, frequentei sua escola de música e desfrutei de sua amizade e a de sua família. O ambiente de amor pela música, de verdade e afeto vai ficar comigo para sempre. Eu ficava tão feliz naquele lugar, na sua presença, que queria que aquilo durasse para sempre. Talvez por isso tenha me tornado músico. Uma das maiores educadoras do país que se vai’.

‘…hoje deixou o nosso convívio para reger as orquestras de anjos no céu. Vá em paz professora, você foi e será sempre um modelo de HUMANIDADE’.

‘Hoje tive um dia muito estranho. Pela primeira vez nesta Quarentena algo me fez parar tudo e me recolher. Acordei com a mensagem… dizendo que sua mãe, Josette Silveira Mello Feres havia nos deixado. Triste.
Mulheres como Josette são raras neste país. Com garra e determinação criou a primeira escola de música em nossa cidade. Sempre, quando ia ao Polytheama vinha até mim e me beijava e falava incentivos aos meus ouvidos.
Obrigado, Josette.
Uma honra tê-la como professora e como admiradora, como sempre me dizia’.

‘…Dona Josette foi quem me inspirou a desenvolver todo o trabalho na Universidade Federal de São Carlos. Foi meu espelho, e meu exemplo para cada projeto que construí e desenvolvi. O Laboratório de Musicalização, a Orquestra Experimental, a Pequena Orquestra, a Camerata e o curso de Licenciatura em Música. Que desafio seguir os seus passos!! Professora e pesquisadora como poucos que encontrei na vida. Sempre pronta a compartilhar e ensinar! Agradeço à vida o privilégio de ter convivido com ela. Obrigada por tudo Dona Josette! A senhora segue pra sempre no meu coração’.

‘…When I think about my youth I think about music. And when I think about music I think about your mother “tia Josette”. From all my family we want to send you from the other side of the ocean our condolences. From today on the music will have an other sound’.

Essa mulher, dona de uma personalidade única, deixou sua marca em milhares de outras vidas além da minha própria e dos meus quatro irmãos, Renato, Cláudia, Sônia e Luciana, para quem, costumo dizer, ela nunca faltou nem sobrou.


 

Roberto Feres escreve às terças-feiras no ac24horas (e hoje deu uma de preguiçoso, fazendo copia e cola dos amigos).

 

 

 


video

Jundiaí perde Josette, a eterna aluna de Villa-Lobos

Jundiaí perde Josette Feres

Musicoteca, a nova aposta da professora Josette Feres

Anúncios

Cotidiano

Uber pode cobrar até 20 reais de passageiros por taxa cancelamento de corrida

Publicado

em

Por

Continuar lendo

Acre 01

Mais de 70 mil pessoas já foram avaliadas em exames de Covid-19 no Acre, diz Sesacre

Publicado

em

Continuar lendo

Acre 01

Bolsonaro nomeia assessor de deputado do PCdoB para ser juiz eleitoral do TRE Acre

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

Comitê da Covid-19 autoriza retorno de música ao vivo no Acre

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas