Conecte-se agora

Após desentendimentos, Gladson e Adriano selam a paz e traçam metas para retomada da economia

Publicado

em

Após uma série de troca de farpas públicas por causa de discordâncias a cerca do decreto que fechou o comércio no Estado por causa da pandemia de Covid-19, o governador Gladson Cameli esteve frente a frente com o presidente da Federação das Indústrias do Acre (Fieac), José Adriano. O encontro foi intermediado pelo vice-governador Major Rocha na manhã desta terça-feira, 9, na Sede da Federação.

Foi a primeira vez que o chefe do executivo e um dos principais representantes da classe empresarial estiveram numa sala de reuniões num momento mais ameno. O objetivo da conversa era alinhar o discurso em busca de um entendimento entre o governo e os empresários.

Ao ac24horas, o governador Gladson Cameli afirmou que colocou tudo em pratos limpos. “Sentei, falei que o interesse nosso é o bem do Acre e que para isso preciso do apoio da Federação. Ele entendeu e se colocou a disposição para nos auxiliar na retomada da economia’, disse.

Cameli reforçou a Adriano que já a partir do segunda quinzena deste mês já pretende reabrir o comércio, o que agradou o presidente da federação. “A ideia é que com a inauguração dos dois hospitais de campanha, possamos ter essa possibilidade. Levei isso ao Adriano e chegamos a um entendimento bom para todos”, enfatizou.

O chefe do executivo afirmou ainda que o vice-governador Major Rocha, que participou do encontro, ficará responsável pela intermediação para fazer o levantamento de recursos disponíveis junto a Caixa Econômica para auxiliar os empresários. “O nosso objetivo é que a Fieac nos ajude para que não corramos risco de recursos disponíveis voltem novamente para a União por falta de projeto. Eles irão nos auxiliar. Acredito que seja um momento único nessa retomada”, disse.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas