Conecte-se agora

Acre já acessou mais de R$ 11 milhões em linhas de crédito para pequenos comércios

Publicado

em

Como forma de amenizar a situação do comércio atingido fortemente pela pandemia do novo coronavírus, o Governo Federal criou linhas de créditos especiais para mitigar os impactos econômicos no país.

Nas regiões Norte e Nordeste, as mais pobres do país, os pequenos empreendedores já acessaram cerca de R$ 433,6 milhões de reais desses recursos destinados à pequenos comércios.

Os recursos são dos Fundos Constitucionais de Financiamento, geridos pelo Ministério do Desenvolvimento Regional. A ajuda mais procurada é o apoio para capital de giro, que tem concedido até R$ 100 mil reais por beneficiário.

O objetivo das linhas de crédito é claro. Evitar que a economia brasileira se esfacele por conta da pandemia. Como os pequenos são os que, teoricamente, têm mais dificuldades de enfrentar a crise, o recurso é uma espécie de fôlego extra para tentar sobreviver os tempos difíceis.

Os estados que fazem parte da Região Norte os financiamentos para capital de giro já somam mais de R$ 80 milhões de reais, disponibilizado pelo FNO.

Esse tipo de recurso pode ser usado pelo pequeno empreendedor para despesas de custeio, manutenção e formação de estoque e pagamento de funcionários, por exemplo.

No Acre, até o momento, foram realizados 137 financiamentos que somam R$ 11,2 milhões de reais. O estado é o 5º com o maior volume de recursos, ficando a frente apenas do estados de Roraima e Amapá.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas