Conecte-se agora

Abastecimento de Azitromicina é responsabilidade das prefeituras, diz Secretaria de Saúde

Publicado

em

Após inúmeras denúncias de que nos últimos dias tem faltado nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de diversos municípios do Acre o antibiótico Azitromicina, a secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) emitiu uma nota pública nesta sexta-feira, 5, tratando do assunto. Segundo o governo estadual, “a responsabilidade pelo abastecimento e a manutenção do estoque do medicamento Azitromicina nos municípios acreanos é de inteira responsabilidade das prefeituras locais e suas respectivas secretarias municipais de saúde”.

De acordo com a Sesacre, o repasse do antibiótico aos municípios não está vinculado à Sesacre. “É unicamente uma atribuição das administrações municipais responsáveis pelas unidades básicas de saúde numa tratativa direta com o Ministério da Saúde”, explica.

O governo garante que apenas fornece um repasse a todas as prefeituras, mas que este repasse nada têm a ver com a aquisição da Azitromicina, “já que, enfatizando a sua aquisição é de inteira responsabilidade das administrações municipais com o Ministério da Saúde”.

Azitromicina é um antibiótico usado no tratamento de várias infeções bacterianas. Entre as indicações mais comuns estão o tratamento de otite média, faringite estreptocócica, pneumonia, diarreia do viajante e outras infeções intestinais. O medicamento tem sido receitado em meio à pandemia do coronavírus.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas