Conecte-se agora

Procon afirma que baixa dos combustíveis são repassados lentamente ao consumidor

Publicado

em

A desvalorização do petróleo no mês de abril no mercado internacional proporcionou três baixas seguidas nos preços dos combustíveis, em Rio Branco, o litro da gasolina chegou a ser comercializado a R$ 3,29.

Segundo o diretor-presidente do Procon-Ac, Diego Rodrigues, a baixa foi repassada lentamente ao consumidor final, momento em que o órgão entrou em campo junto com o Ministério Público Estadual.

A alegria durou pouco, os preços voltaram a subir e de acordo Diego Rodrigues, o reajuste foi repassado de forma imediata, diferente do que se registrou na baixa.

“Foram três aumentos, a Petrobras anunciou o último no mês de maio. Documentações nos garantem que as questões de logística e estoque não estão sendo obedecidas. Os valores de redução não são passados de forma imediata”, acrescentou o diretor.

Ainda de acordo Diego, se não houvesse fiscalização talvez os valores cobrados atualmente estivessem mais altos. O litro de combustível é encontrado até por R$ 4,30 atualmente.

O Procon do Acre segue analisando as documentações que estão sendo entregues pelos donos de postos. Diego afirma que se comprovado o aumento abusivo nos preços os donos poderão a responder processo.

“A promotoria de defesa do consumidor tem um procedimento aberto, instaurados e a analise desses documentos vão dizer se ocorre ou não abusos. Se comprovado é crime”, garantiu Diego Rodrigues.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas