Conecte-se agora

Hospital de Campanha em Sena Madureira recebe primeiros pacientes de Covid-19

Publicado

em

O hospital de campanha do município de Sena Madureira começou a receber nessa terça-feira, dia 02, os primeiros pacientes infectados pelo novo coronavírus. Os pacientes foram transferidos do Hospital João Câncio Fernandes, onde estavam inicialmente. Em poucos dias, a prefeitura municipal com apoio do governo do Acre conseguiu montar as instalações da nova unidade referência, que funciona no Salão Paroquial da Igreja Católica.

De acordo com a inspeção realizada pelo município e órgãos de controle, as instalações já estão adaptadas aos pacientes e prontas para que a equipe médica possa trabalhar. A escolha pelo Salão Paroquial se deu pelo motivo de o local ser bem mais amplo e dispor de muitos dormitórios, além de uma cozinha.

O hospital referência possui salas com leitos, sala vermelha para casos de emergência, corredor de observação, área de pronto-atendimento, banheiros, cozinha e até dormitórios. A montagem das instalações só foi possível por meio do trabalho de cooperação entre a prefeitura e a secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre).

O local já possui um aparelho respirador e ainda aguarda a chegada de ao menos de mais três máquinas respiradoras, que serão enviadas pelo governo estadual. Estiveram na abertura do hospital de campanha o vice-prefeito de Sena, Gilberto Lira, o representante da Sesacre, Daniel Herculano, o diretor do hospital, Elves Dane, a nova secretária de saúde Ildete Lira e o promotor de justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Luiz Rolim.

O prefeito Mazinho Serafim (MDB) considerou justa a mudança do hospital de campanha para o Salão Paroquial, uma vez que os profissionais de saúde que irão atuar também poderão usar os dormitórios como salas de descanso. O espaço foi cedido pela comunidade católica por meio do Pároco Frei Moisés.

O objetivo é separar os pacientes infectados pelo coronavírus dos demais pacientes que precisam do Hospital João Câncio Fernandes. Mazinho agradeceu a Igreja Católica e garantiu mais esforços da prefeitura em continuar fazendo o serviço de amparo à população neste momento delicado. “O Salão Paroquial é abençoado, tenho certeza que as pessoas que forem para o hospital de campanha logo ficarão curadas, pois estão dentro da casa de Deus. O local era comumente usado para treinamentos do evangelho, pregações e orações”, disse.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas