Conecte-se agora

Enfermaria que usa cápsula para evitar intubação se torna experiência de sucesso no PS

Publicado

em

No meio de tantas notícias tristes com milhares de casos e centenas de mortes causadas pela Covid-19, o sistema de saúde também consegue ter bons exemplos de tratamento e recuperação de pacientes.

A enfermaria do 4º piso do Pronto-Socorro, por exemplo, está há 11 dias sem morte e sem piora no quadro de saúde de pacientes internados no local.

O sucesso é um misto de atendimento humanizado e um equipamento que médicos, enfermeiros, pacientes e familiares estão dando o nome de cápsula da vida.

Na verdade, se trata de uma cápsula respiradora que começou a ser usada pela equipe da médica Fabíola Helena como primeira opção para pacientes com dificuldades de respirar antes de decidir de correr os riscos da intubação.

O resultado tem surpreendido com pacientes melhorando sem a necessidade de intubação e UTI. Os elogios vêm de quem melhorou e viu a vida ser renovada no Pronto-Socorro.

“Estou há 13 dias na Ala de Covid. Daí, a médica resolveu ao invés de fazer a intubação, usar a cápsula respiradora. Cheguei aqui com os pulmões comprometidos. Decidiram usar esse método antes da intubação e fiquei usando essa cápsula da vida. Hoje, no 13º dia, estou quase 100% curada”, diz Marilucia Araújo, 58 anos, internada da enfermaria do 4º do PS com Covid-19.

Uma outra vantagem é a diminuição dos riscos de contaminação dos profissionais de saúde, principalmente dos fisioterapeutas. A ventilação não invasiva (VNI) é uma técnica de ventilação mecânica que utiliza máscaras especiais e ventiladores mecânicos específicos. Ela já é realizada há muitos anos, mas no caso dos pacientes com covid-19 foi recomendado não utilizar por causa do risco de contaminação. Agora com a cápsula, o protocolo que está sendo desenvolvido pela equipe de fisioterapeutas, juntamente com a equipe médica do serviço do quarto andar do pronto-socorro tem sido extremamente gratificante e com muitos resultados positivos”, afirma Helen Freitas, fisioterapeuta responsável pela Equipe de Fisioterapia que atende os pacientes com Covid-19 do Pronto-Socorro.

A médica Fabíola Helena, médica que atende na enfermaria do 4º andar do PS, fala da melhora dos pacientes. “Os nossos resultados são muito positivos. Essa cápsula protege o profissional, principalmente os fisioterapeutas. É uma cápsula que tem três filtros, o que impede a contaminação do profissional e por isso permitimos inclusive a presença de um acompanhante que sem sido importante para a recuperação. Percebemos que a presença de um parente melhorou muito o psicológico do paciente na luta contra a doença”, diz Fabíola.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas