Conecte-se agora

“Vidas acima dos lucros” 

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

Foi o slogan do grupo que fez frente à carreata realizada ontem por empresários acreanos, como forma de pressionar o governador Gladson Cameli e a prefeita Socorro Neri para esquecerem as medidas de prevenção à pandemia da Covid-19, e liberar todas as atividades comerciais, mesmo sabendo que isso implicaria no aumento da contaminação e de mais mortes. O aparecimento de um grupo para contestar os empresários foi um alento, mostrando que nem todos são movidos pelo lucro a qualquer custo. O Gladson e a Socorro estão corretos em não ceder ás pressões para uma abertura no auge da pandemia. Numa gestão, se deve sempre priorizar os interesses da maioria e não de uma minoria. E triste do governante que agir sobre a pressão de classes, porque se mostrará um fraco e manipulável. A pandemia vai arrefecer, e então será a hora da flexibilização. A economia se recupera, vidas não se recuperam. E tem gente que ainda não entendeu e continua insistindo num samba fúnebre.

NOTA DE 300 REAIS

Em mais de quatro décadas de jornalismo político, já vi pesquisa ser forjada, comprada, montada para dar um salto num nome, as direcionadas a baixar os números de adversários, enfim, vi de tudo. Por isso, tenho um faro para sentir quando o bumbo da credibilidade está furado. Pesquisa que aparecer agora na capital com candidato tendo acima de 25% de aceitação, num universo de dez candidaturas, fique certo que é uma nota de 300 reais.

NÃO ESTARÃO AMARRADOS

E mesmo porque, um candidato não estará livre para fazer campanha, e os outros amarrados.

ERRO AMADOR

E no universo das pesquisas o erro mais amador é o de montar uma pesquisa com número superfaturado do candidato preferido, por dois pontos: dá muito na vista, e quando as pesquisas de institutos sérios aparecerem com números reais menores, a imagem que passará é o da queda livre. Por isso, cuidado senhores, em inflar candidatura no universo da capital.

COORDENADOR POLÍTICO

O senador Sérgio Petecão (PSD) negou ao BLOG que represente o governador Gladson Cameli nas tratativas na montagem de uma aliança, para apoiar um candidato do grupo a prefeito da capital. Cita que, como governador, quem tem que se pronunciar primeiro é o Gladson.

VAI FICAR O EMBARAÇO

Enquanto o governador Gladson não chamar a imprensa numa coletiva para apresentar de corpo presente o seu candidato a prefeito de Rio Branco, a sucessão na capital vai ficar no embaraço em que se encontra. Sem isso, não há como afirmar com certeza quem é o ungido.

CARREATA DA GANÂNCIA

Sou a favor do livre protesto, principalmente, quando é pacífico. E quando o foco é legítimo. A carreata de ontem de empresários pedindo a abertura dos comércios em pleno pique do Covid-19, com 6.326 registros de contaminação e 171 mortes, é legítima, mas inoportuna. A ganância comercial não pode sobrepor às vidas, em hipótese alguma. É hora de solidariedade!

A CONTA NÃO BATE

O que se vê na cidade são multidões perambulando, aglomerações, mesmo com a proibição, colaborando para o aumento dos números da pandemia. Se com o decreto de isolamento social ocorre a burla, imagine uma liberação geral! Não ia ter vagas nos hospitais para os doentes. Todos estão perdendo dinheiro na pandemia, não se pode perder são mais vidas.

A BANDEIRA ESTAVA ENROLADA

O que chama atenção nos protestos dos que querem a abertura do comércio, ainda que isso implique no aumento de contaminações e de mais mortes, é a bandeira do “desemprego”. No Acre, dados do IBGE antes da pandemia, mostraram o desemprego alto na capital, e nunca se viu nenhum destes senhores fazendo carreatas e protestos para a criação de mais empregos.

AGINDO COM PRUDÊNCIA

O governador Gladson Cameli está tendo um comportamento compatível com o grave momento que vivemos na saúde pública, ao prorrogar o seu decreto de isolamento social. Não está agindo por impulsos, mas baseado nas projeções de especialistas em saúde pública.

A CARTEIRADA DO NADA

Pegou mal a incursão a mando de políticos em uma unidade da prefeitura da capital, sob o argumento que estavam à procura de produtos vencidos. Não encontraram nada, todos estavam para vencer. Tudo na política deve ser feito com inteligência, por impulso perde a credibilidade.

PROJETOS PARA 2022

Os projetos do MDB e PSDB estão bem claros na eleição municipal deste ano. Eleger os dois prefeitos nos dois maiores colégios eleitorais do estado, Rio Branco e Cruzeiro do Sul, para chegarem em 2022 com a faca no pescoço do governador Gladson Cameli. Exatamente isso.

INFLUÊNCIA ZERO

Minoru Kinpara (PSB) se elegendo prefeito da capital estará sob a batuta do Major Rocha, alguém duvida? Fagner Sales (MDB), ganhando a prefeitura de Cruzeiro do Sul, será um teleguiado do Vagner Sales. Alguém duvida? Por isso, a importância do Gladson ter candidatos para ganhar as duas prefeituras e não ficar refém quando for discutida a eleição de 2022.

TEM SEU NICHO

É uma análise raivosa quando se diz que o PT está morto na capital. Mesmo com o desastre político que foi o último governo petista, o partido ainda tem muitos seguidores conquistados nos últimos 20 anos de poder. Não tem o potencial do seu ápice, mas tem. O PT está vivo.

ATÉ QUE ENFIM!

O comentário acima não é deste BLOG. Mas de um vereador da base da prefeita Socorro Neri, ontem, depois que pela primeira vez o deputado Jenilson Lopes (PSB) fez a defesa da prefeita contra ataques proferidos pelo deputado Roberto Duarte (MDB) na ALEAC.

UMA CONFUSÃO ATRÁS DA OUTRA

O novo diretor do DEPASA, Tião Fonseca, vem se metendo em uma confusão atrás da outra desde que assumiu o cargo, criando pautas negativas para o governo. Agora foi a transferência de funcionários antigos do DEPASA para o SAERB. O Gladson deveria logo privatizar o DEPASA.

MASSA FALIDA

O DEPASA é uma massa falida e um sorvedouro sem fundo  de recursos públicos do Estado.

TODO UM VERÃO

Ainda que apareça nas pesquisas com um grande percentual de rejeição, o prefeito de Senador Guiomard, André Maia, ainda tem todo um verão para executar um pacote de obras que beneficiem a comunidade e o torne mais simpático. Pode estar baleado, mas não morto!

TODO POTENCIAL

Pela sua simpatia e pelos apoios que a cercam, quem tem todo um potencial de crescimento na disputa da prefeitura de Senador Guiomard é a candidata Rosana Gomes (PROGRESSISTAS). É pelo menos a previsão de um respeitado dono de um instituto, que fez pesquisa no município.

CRIME ORGANIZADO

A presença ostensiva de policiais federais na cidade despertou uma série de comentários de que seria uma operação sobre a aplicação de recursos da pandemia, mas ao final se descobriu ser uma investida contra o crime organizado em Cruzeiro do Sul. Foi um alívio para alguns.

COM A CORDA TODA

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nicolau Junior (PROGRESSISTAS), recebeu uma notícia que o deixou tranquilo, mas que por outro lado foi uma ducha de água fria nos adversários que miram a presidência da ALEAC: a afirmação do Gladson que é o seu candidato.

PRURIDOS DE LADO

Deixando os pruridos de lado, o maior eleitor nas eleições da mesa diretora da Assembléia Legislativa sempre foi o governador da vez. Dentro deste contexto não deve nem ter outra chapa. E além de que, o deputado Nicolau Junior (PROGRESSISTAS) faz uma boa gestão.

INFORMAÇÃO ATUALIZADA

Sem alarde, quem vem dando uma boa colaboração na divulgação do que acontece na pandemia e das providências tomadas pelo governador Gladson é a ASSECOM, através da Agência de Notícias do Acre. É grande o volume de informações da equipe da secretária Silvânia Pinheiro.

QUEM COMANDA AS AÇÕES

O deputado federal Flaviano Melo (MDB) negou ao BLOG qualquer composição política que passe pela retirada da candidatura do deputado Roberto Duarte (MDB) a prefeito de Rio Branco. O MDB joga com a possibilidade de ganhar as prefeituras da capital e Cruzeiro do Sul.

MEDIDA CONTRA A IGNORÂNCIA

Manoel Urbano, Acrelândia e Xapuri são municípios onde quem sair às ruas sem máscaras será multado. É uma medida aplicável na capital, onde malucos continuam não colaborando com a saúde pública para evitar o crescimento da economia e não usam máscaras. É a ignorância!

FRASE MARCANTE

“Nunca se mente tanto quanto antes das eleições, durante a guerra e após a caçada”. Otto Von Bismarck, diplomata prussiano.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas