Conecte-se agora

Mapa mostra Rio Branco entre as capitais com pior relação em leitos de UTI para Covid-19

Publicado

em

Divulgado nesta terça-feira (2) os dados da série especial do Programa Cidades Sustentáveis sobre a Covid-19 nas capitais brasileiras indicam que as três menores ofertas de leitos de UTI no país estão na Região Norte, onde também se concentra grande parte das comunidades tradicionais e indígenas do país.

Os números se referem ao período de 27 de abril a 27 de maio quando em Rio Branco o aumento da Covid-19 foi de 880% na capital do Acre. A relação é por 100 mil habitantes.

Além da desigualdade no acesso à infraestrutura dos sistemas de saúde, as grandes distâncias, características da geografia local, agravam a situação dessa população, incluindo grupos étnicos que vivem isolados e nunca tiveram contato com doenças que circulam em outras partes do país.

A fragilidade a que estas comunidades estão submetidas já se reflete na taxa de mortalidade por Covid-19 na região, onde os números crescem de forma muito superior à média brasileira. Em Boa Vista, o número de óbitos por 100 mil habitantes aumentou 1.975% entre os dias 27 de abril e 27 de maio.

Foi a maior variação dentre todas as capitais brasileiras, seguida por Belém (1.684%), Porto Velho (1.200%), Maceió (945%) e Rio Branco (880%). Em 14 capitais, o crescimento da taxa de mortalidade por Covid-19 foi superior a 500%. No Brasil, foi de 460%. Os dados são do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (Cnes), do Ministério da Saúde.

Além de Rio Branco, Boa Vista e Macapá são as três capitais com a pior relação de leitos de UTI por 100 mil habitantes, o que acende um alerta sobre as múltiplas fragilidades das populações que vivem nestas cidades – ou vão até elas em busca de tratamento, quando não encontram vagas disponíveis em seus municípios. Boa Vista possui uma média de 13 leitos de UTI para cada 10 mil habitantes, enquanto Rio Branco e Macapá têm 17 leitos.

O Governo do Acre sempre se manifesta sobre a questão afirmando que há dificuldades sim mas que todas as providências estão sendo tomadas para evitar o colapso na rede de atendimento.

Saiba mais sobre o Mapa da Desigualdade: https://www.cidadessustentaveis.org.br/noticia/detalhe/3018

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas