Conecte-se agora

Polícia Federal não descarta buscas e apreensões na prefeitura de Rio Branco

Publicado

em

A Operação Off-Label desencadeada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quarta-feira, 03, para investigar supostas fraudes na aquisição de medicamentos por prefeituras do Acre, pode ocorrer a qualquer momento também junto à prefeitura de Rio Branco.

Durante coletiva de imprensa, o delegado Luis Carlos da Silva foi questionado se o poder público municipal também seria alvo de investigação. Em resposta, o delegado disse que a empresa investigada também possui contrato com a prefeitura de Rio Branco e outras sete cidades do interior do Acre e ainda Boca do Acre, Pauiní e Guajará, no Amazonas.

“A gente focou no aspecto de colher documentos e elementos de informações em diversos municípios. Dentre alguns locais de buscas estão localizados na prefeitura de Rio Branco e etc. Então não se limita a questão estadual, municipal ou federal. Todos aqueles que foram verificados locais de interesses a gente buscou fazer a representação e continuamos investigando colhendo informações, seja para excluir hipóteses ou corroborar o que a gente já tinha de indícios a respeito de um fato”, informou.

Segundo apurou a reportagem do ac24horas, até o momento não houve oficialmente ação de busca e apreensão da PF aos órgãos da administração municipal da capital nesta primeira fase da Operação.

A operação foi desencadeada em oito municípios do Acre nesta quarta-feira, 3. De acordo, com o delegado da PF Luis Carlos da Silva Júnior, responsável pela investigação, o prejuízo no desvio de recursos públicos chega a R$ 70 milhões. A PF esteve na casa do prefeito Ilderlei Cordeiro de Cruzeiro do Sul e do ex-procurador do município, Jonathan Donadoni.

No decorrer das investigações, a Polícia Federal constatou indícios de fraude nos municípios de Rodrigues Alves, Marechal Thaumaturgo, Xapuri, Epitaciolândia, Bujari, Rio Branco, Jordão e Boca do Acre, Pauiní e Guajará.

O termo “off-label” é empregado para se referir à utilização de medicamentos de forma diversa às indicações prescritas em bula, sem aprovação e homologação dos órgãos competentes.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas