Conecte-se agora

Obras do hospital de campanha de Cruzeiro do Sul terá ritmo dobrado com turno 24 horas

Publicado

em

A obra do Hospital de Campanha do Juruá, em Cruzeiro do Sul, que irá abrigar pacientes de Covid-19, já vinha trabalhando com turnos de trabalho de 16 horas, mas agora terá equipes atuando 24 horas de forma intercalada. Tudo isso para garantir que os 90 leitos, incluindo enfermaria, Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e leitos de Unidade Semi-Intensiva estejam prontos até o dia 10 de junho, conforme garantia do governador Gladson Cameli.

“Vamos ampliar o horário e as turmas para manter o ritmo de trabalho e cumprir o prazo de entrega “, afirmou o engenheiro da empresa executora, Leandro Lima. No local, atua hoje 60 pessoas, número que deverá ser mais que dobrado. O trabalho é intenso nos dois pisos e na parte externa. A estrutura já pronta chama atenção pelas paredes de placas de fibra de vidro, que confere um ar futurista à unidade hospitalar.

Segundo o engenheiro responsável, as placas são antibactericidas e resistentes, dispensam manutenção como pintura. Além das paredes externas com placas de 7,5 metros de altura, as divisórias internas também são de fibra de vidro.

O material foi trazido de Santa Catarina. Se comparadas ao material convencional, de acordo com o engenheiro, é mais caro, mas o tempo de aplicação e o resultado, compensa. “Para levantar essas paredes levamos dois dias. Se fosse no cimento e tijolos, seriam 30 dias. E não há necessidade de revestimento e pintura”, explica.

O valor da obra é de R$ 4,1 milhões. O Hospital tem 1.500 metros quadrados em dois pisos. Na parte de cima ficam os 60 leitos de enfermarias. No térreo ficarão 10 leitos de UTI e 20 semi-intensivos. Uma rampa vai ligar o Hospital de Campanha à ala Covid-19 do Hospital do Juruá.

Mais de dois mil metros de tubulação de gases

Uma das maiores necessidades de pacientes com Covid-19 é o oxigênio. No Hospital de Campanha, há cerca de 2 mil metros de tubulação de gases medicinais. Em todos os leitos, incluindo as enfermarias, UTIs e semi-intensivos, há pontos de oxigênio, ar comprimido e ar a vácuo.

A diferença, segundo o engenheiro Leandro, é que nas UTIs são 5 pontos de gases medicinais, sendo 2 de oxigênio, 2 de ar comprimido e dois de ar à vácuo. Nas enfermarias e nos semi-intensivos são 3 pontos para cada paciente. O Hospital tem um gerador de energia, que é acionado automaticamente em caso de falta de energia no local.

Entrada ao lado do IML

A entrada do Hospital de Campanha fica ao lado do Instituto Médico Legal (IML), na lateral do Hospital do Juruá. Desde que começaram as mortes por coronavírus no Hospital do Juruá, os médicos legistas e técnicos do IML deixaram de utilizar o local para autópsia, temendo a contaminação. Corpos chegaram a ficar dentro do rabecão do IML para liberação na frente da delegacia porque os técnicos em necropsia preferiram não trabalhar no Instituto. Com o Hospital destinado exclusivamente para pacientes com Covid-19, não há certeza sobre como ficará o funcionamento do IML.

Anúncios

Destaque 4

“Pode chorar”, posta Marcus Alexandre após vitória de Bocalom em cima de Socorro Neri

Publicado

em

Com 100% das urnas apuradas, o ex-prefeito Marcus Alexandre (PT) usou as redes sociais neste domingo, 29, para mandar indireta para a prefeita Socorro Neri (PSB) seu desafeto político, que foi derrotada pelo candidato do Progressista, Tião Bocalom

Nas redes, Marcus compartilhou a música “Vou festejar” de uma das maiores vozes da Música Popular Brasileira, Beth Carvalho.

“Chora. Não vou ligar (não vou ligar). Chegou a hora, vais-me pagar. Pode chorar, pode chorar”, diz a letra.

Continuar lendo

Destaque 4

Senadora Mailza Gomes acompanha Bocalom e Marfisa na votação em Rio Branco

Publicado

em

A senadora Mailza Gomes (Progressistas) acompanhou o candidato a prefeitura de Rio Branco, o também Progressista Tião Bocalom na manhã de hoje em sua ida à votação do segundo turno das eleições municipais no escola Serafim da Silva Salgado, na Baixada da Sobral e a vice, Marfisa Galvão (PSD) no Colégio Estadual Lourenço Filho, ambos na capital acreana.

Em seguida acompanhou o voto do senador Petecão (PSD) na escola Maria Angélica, no 2º Distrito. Quem também acompanhou o voto dos candidatos foi o deputado estadual do PP, José Bestene.

Mailza, uma das principais apoiadoras da candidatura de Bocalom, disse estar confiante na vitória. “Fizemos um trabalho bonito. Bocalom fez uma campanha limpa, propositiva, comprometida com as pessoas. Tanto no primeiro quanto no segundo turno esteve junto com o povo, foram dias intensos, caminhamos muito pela cidade, a cada ida nos bairros, nas ruas, o povo mostrava que quer o Bocalom e a Marfisa. As urnas vão dizer a vontade do rio-branquense, que anseia por mudanças para nossa capital acreana”, afirmou a senadora.

Continuar lendo

Destaque 4

Gol vende passagens ida e volta de Rio Branco para Cruzeiro do Sul por apenas R$ 292

Publicado

em

A partir de 6 de fevereiro do ano que vem a Gol vai oferecer voo direto aos sábados de Rio Branco para Manaus.

As companhias aéreas decidiram prorrogar a próxima segunda-feira (30/11) as promoções da Black Friday 2020. Nos voos sem escalas da Gol entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul é possível viajar no mês de dezembro deste ano pagando apenas R$ 292,32, valor com todas as taxas incluídas. Essa promoção é uma boa oportunidade para quem não suporta as viagens cansativas de carro ou de ônibus entre as duas cidades.

Para quem está no Acre uma das formas de garantir economia é comprando as passagens na Black Friday para viajar a partir de fevereiro de 2021. Para embarque no Acre em dezembro e janeiro do ano que vem os preços estão um absurdo. Nos voos de Rio Branco para Brasília há opções de compra de passagens aéreas de ida e volta por R$ 704,02, além de voos de ida e volta para São Paulo por R$ 859,07 e Rio de Janeiro a partir de R$ 870,75. Esse valores são para viagens a partir de fevereiro.

Rio Branco vai ganhar voo direto para Manaus

A partir de 6 de fevereiro do ano que vem a Gol vai oferecer voo direto aos sábados de Rio Branco para Manaus. Nesta Black Friday é possível comprar passagens de ida e volta entre as duas capitais por R$ 606,28. A Gol atende o Acre com voos sem escalas de Rio Branco para Cruzeiro do Sul e Brasília. Já a LATAM Brasil tem voos escalas da capital do estado para Brasília e São Paulo (Guarulhos).

Nos voos de Porto Velho para Manaus há opções de ida e volta por R$ 618,62 e para Cuiabá a viagem sai por R$ 701,46. Todas as passagens dessa promoção estão com as taxas incluídas. Na Black Friday 2020 você pode reservar o hotel para o destino que pretende viajar com descontos especiais. Basta fazer a reserva no link abaixo. Mas atenção! Seja rápido! São poucos assentos e diárias em hotéis com descontos especiais.

Passagens aéreas de ida e volta com taxas incluídas nos voos saindo de RIO BRANCO

Partindo de Rio Branco (valores de ida e volta)

Garanta aqui as passagens para Cruzeiro do Sul a partir de R$ 292

Garanta aqui as passagens para Brasília a partir de R$ 704

Garanta aqui as passagens para São Paulo a partir de R$ 859

Garanta aqui as passagens para Rio de Janeiro a partir de R$ 870

Garanta aqui as passagens para Manaus a partir de R$ 606

Garanta aqui as passagens para Porto Velho a partir de R$ 991

Passagens aéreas de ida e volta com taxas incluídas nos voos saindo de PORTO VELHO

Partindo de Porto Velho (valores de ida e volta)

Garanta aqui as passagens para Manaus a partir de R$ 622

Garanta aqui as passagens para Cuiabá a partir de R$ 701

Garanta aqui as passagens para Brasília a partir de R$ 872

Garanta aqui as passagens para São Paulo a partir de R$ 978

Garanta aqui as passagens para Rio de Janeiro a partir de R$ 920

Garanta aqui as passagens para Belém a partir de R$ 664

Garanta aqui as passagens para Curitiba a partir de R$ 974

Garanta aqui as passagens para Porto Alegre a partir de R$ 993

Garanta aqui as passagens para Recife a partir de R$ 835

Faça aqui a sua pesquisa e garanta desconto para outras cidades na compra das passagens aéreas

Comprou as passagens? Faça aqui a reserva do hotel com descontos especiais

Lei aqui outras notícias sobre viagens e promoções

Continuar lendo

Destaque 4

Gladson deverá repactuar espaços de partidos no governo com uns ganhando e outros perdendo

Publicado

em

O governador Gladson Cameli aguarda apenas o resultado do segundo turno das eleições em Rio Branco para realizar sua reforma administrativa e também a repactuação de espaços de partidos em seu governo. Apesar de não admitir publicamente, assessores palacianos afirmam que o chefe do executivo já trabalha com a possibilidade do candidato a Progressista Tião Bocalom vencer o pleito do próximo domingo, 27.

“Ele aguarda apenas a oficialização do resultado e deverá oferecer toda a estrutura necessária para que Bocalom possa fazer uma boa transição e iniciar uma boa gestão. Não vai existir má vontade por parte do chefe. Ele sabe que é importante ter uma boa relação com o prefeito eleito, independente de quem seja”, relatou ao ac24horas um assessor próximo.

Acusado por partidos aliados que o ajudaram a chegar ao poder nas eleições de 2018, principalmente pelo vice-governador Major Rocha, de conceder maiores fatias dos cargos e dos espaços a partidos inexpressivos, como o Solidariedade, da deputada federal Vanda Milani, Cameli deverá fazer mudanças bruscas já que não pode nomear mais pessoas devido a Lei de Responsabilidade Fiscal e por também priorizar a nomeação de concursados, como agora o cadastro de reserva da Polícia Militar.

Nos bastidores, o Solidariedade é apontado por ter mais de 150 cargos e duas secretarias, Esse tamanho seria abatido para menos da metade com o intuito de harmonizar as forças dentro do governo. O partido perderia uma das secretarias, mas é bem provável que o grupo que coordena o Instituto de Meio Ambiente do Acre seja trocado, ficando sobre a órbita da família Milan apenas a Secretaria do Meio Ambiente.

Outra mudança que deve se confirmar é a saída do médico veterinário Edivan Maciel pelo governo entender que ele não é um indicação do PSDB, mas sim por supostamente ter ligações fortes com o pecuarista Assuero Veronez, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre (FAEAC), tido no Palácio Rio Branco como “persona no grata”. No lugar de Edivan, existe a possibilidade do deputado Luiz Tchê (PDT) pedir licença do mandato para assumir a pasta e abrir vaga para que o suplente Gemil Junior assuma a vaga de deputado para criar mais espaços para o PDT dentro do governo. Aliás, existe a possibilidade que caso não assuma a SEPA, o PDT deverá ficar com outra secretaria, o que ainda não está definido pela cúpula do governo.

As secretarias que detêm maior poder de execução, como Sefaz, Seinfra, Sedur, Seplag continuarão sob a batuta de escolhas pessoais do governador e não deverá ter aparentemente mudanças. Outra autarquia que deverá ser alvo da caneta do governador será o Detran, que deverá passar para o comando político do deputado estadual Pedro Longo e seu grupo político.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas