Conecte-se agora

CRM/AC constata falta de Equipamentos de Proteção Individual em unidades de saúde

Publicado

em

O Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC) protocolou nesta terça-feira, 2, junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT) dez relatórios de fiscalizações onde foram constatadas irregularidades com relação à oferta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) aos profissionais.

A medida foi feita após o MPT abrir um procedimento apuratório em que requisitou de todos conselhos de classe da área da Saúde informações a respeito da segurança dos profissionais que estão atuando diretamente com a pandemia.

De acordo com o relatório foram descobertas irregularidades em unidades de saúde da rede pública estadual e também em municípios do interior do estado.

Durante as fiscalizações foi verificado a disponibilidade dos equipamentos de proteção individual aos profissionais da área da Saúde, como a quantidade de leitos disponíveis nas unidades, medicações e de profissionais lotados na unidade. Além da estrutura física das unidades, fluxo e protocolo de atendimento dos pacientes.

No documento enviado ao MPT, o CRM identificou que algumas unidades não têm EPIs suficientes, outras estão com alguns itens em falta e até mesmo EPIs inadequados.

O CRM alega que notificou os gestores dessas unidades onde foram encontradas as irregularidades para que pudessem providenciar os equipamentos adequados e também encaminhou relatórios ao Ministério Público do Estado do Acre. Agora, os dados também estão sendo enviados ao MPT.

Com informações do CRM.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas