Conecte-se agora

Artistas nacionais e internacionais doam dinheiro à indígenas do Acre

Publicado

em

(Foto: Érico Salutti/Arquivo pessoal)

O músico brasileiro Alok, Dj mundialmente conhecido, aderiu à campanha para arrecadação de dinheiro para o povo indígena Yawanawá, do Rio Gregório, durante a pandemia do coronavírus. Alok pediu doações de qualquer valor para o povo, que suspendeu encontros e experiências turísticas por conta do vírus, eventos que rendiam dinheiro para a comunidade.

Alok não é o único famoso a apoiar os povos indígenas acreanos na pandemia da Covid-19: o cantor Chico Buarque e o escritor Paulo Coelho também fizeram doações e os cantores Sting e Erick Clapton também estão na lista de benfeitores dos indígenas acreanos. A diferença é que eles não divulgaram a campanha como tem feito o Dj Alok.

Agora em maio, Chico Buarque e Paulo Coelho enviaram recursos para a compra de 450 cestas básicas e kits de ferramentas para os índios Yawanawá do Gregório e os Puyanawá de Mâncio Lima.

Os Ashaninka do Rio Amônea também devem ser beneficiados pelos cantores internacionais Sting e Erick Clapton. Uma pessoa que recebeu os recursos das celebridades para adquirir os itens para os índios e prefere não se identificar, disse ao ac24horas que a ajuda é necessária porque, além de alimentos, os índios precisam adquirir insumos, que através de órgãos do governo não conseguiriam como munição, querosene e óleo queimado.

“São povos que têm condições de fazer pedidos desse tipo a essas pessoas, pois não pedem ao governo preferindo que a ajuda oficial seja dirigida aos demais povos indígenas”, explica.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas