Conecte-se agora

Gladson diz que planeja reabrir comércio após inaugurar Hospitais de Campanha; aulas devem iniciar em setembro

Publicado

em

O ac24horas realizou uma edição especial do programa Bar do Vaz neste domingo, 31, onde entrevistou o governador Gladson Cameli (Progressistas) ao vivo com transmissão pelo jornal eletrônico e no perfil oficial do Facebook. Ao jornalista Roberto Vaz, Cameli falou sobre os desafios impostos à gestão estadual pela pandemia do novo coronavírus e também comentou acontecimentos políticos em meio às incertezas das eleições municipais 2020.

O governo pretende viabilizar uma retomada gradual do comércio assim que inaugurar os dois hospitais de campanha que estão em construção, um em Rio Branco e outro em Cruzeiro do Sul. Ambas irão aumentar em mais 200 leitos para atendimento exclusivo de pacientes com Covid-19. “Eu concordo com a insatisfação dos empresários, mas só posso pensar em flexibilizar o comércio se eu construir mais leitos de hospitais para passar uma segurança maior às pessoas porque isso [abertura do comércio] pode ter um efeito contrário”, explicou.

Questionado sobre como anda sua rotina em meio ao turbilhão de problemas enfrentados, Gladson confirma que os dias têm sido difíceis, principalmente por temer uma explosão dos casos da doença no Acre. “Tenho muito medo de ver uma pessoa precisando de uma mão, de uma ajuda e eu não ter condições de poder salvar uma vida. A saúde pública não tem condições de atender uma demanda maior em caso de explosão do casos, mais do que já estamos tendo todos os dias”.

Além disso, o estado planeja a continuação do ano letivo 2020 a partir do próximo mês de setembro, mas com uma condição: se os casos de coronavírus diminuírem no Acre. Atualmente, Gladson se diz preocupado unicamente em salvar vidas, mesmo se importando e entendendo as necessidades das classes empresariais.

Para sanar o problema socioeconômico decorrente da crise do coronavírus, o governo estuda – já com propostas enviadas pela Fecomércio, Acisa e Fieac- um plano que favoreça o retorno de empresas e negócio afetados com o decreto de isolamento e distanciamento social prorrogado até 15 de junho na tentativa de minimizar o índice da doença.

O chefe do Palácio Rio Branco finalizou a entrevista ressaltando a importância de os moradores manterem o isolamento social para que seja possível vencer a pandemia. Essas e outras informações você acompanha durante entrevista na íntegra. Acompanhe!

Assista a entrevista na íntegra:

video

 

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas