Conecte-se agora

Com 11 quilos mais magro e abatido, Gladson se mantém firme no combate ao Covid-19

Publicado

em

O Acre registrou neste sábado o número de 5.841 casos de pessoas contaminadas pelo Covid-19. O balanço mais recente divulgado pela Secretaria de Saúde mostra que, assustadoramente 143 vidas já foram ceifadas pela doença. Tudo ainda é muito assustador e até os médicos pouco sabem detalhes desse vírus disseminador.

No acre, o governo do Estado atua na linha de frente de combate ao coronavírus desde o dia 16 de março, data do primeiro decreto que sugeriu o isolamento social. Nestes 76 dias o governador Gladson Cameli (Progressistas) tem ocupado todo o seu tempo em agendas ligadas as ações no combate ao covid-19. Fez parceria com as prefeituras e buscado apoio da bancada federal para garantir recursos da União para que o Estado não pare.

As atitudes de Gladson são aprovadas pela população, mas criticadas por parte dos empresários, que buscam a reabertura do comércio. O governador cumpre as determinações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e mantém fechado os estabelecimentos comerciais que não são de atividades essenciais. Segundo dados da Federação do Comercio de Rio Branco, os decretos [do governo e prefeitura] colocam em risco empregos e a economia. Por isso fazem pressão para o governador e a prefeita relaxem as medidas protetivas. Mas Gladson e Socorro Neri resistem e mantém rigidez para o cumprimento de decretos e portarias.

Nos últimos dias Gladson Cameli tem aparentado cansaço. Mas se mantém firme na linha de frente. Segundo assessores, o governador perdeu durante esses 76 dias, 11 quilos. Dizem também que além de dormir fora de hora, não tem se alimentado direito e na última semana tem tido crises emocionais. Elas são, segundo eles, causadas pela perda da avó Marieta e pelo o estado de saúde do pai, o empresário Eládio Messias Cameli.

Para saber como têm sido os dias do governante do Acre nessa pandemia, o ac24horas o convidou para uma entrevista AO VIVO. Ele topou e neste domingo, às 10 horas da manhã, Gladson será entrevistado pelo jornalista Roberto Vaz, no Bar do Vaz. A transmissão poderá ser acompanhada pelo site www.ac24horas.com ou pela página do ac24horas no Facebook.

 

 

 

 

 

Anúncios

Acre 01

Acre tem 116 novos casos, 508 exames em espera e mais uma morte por Covid-19

Publicado

em

O Acre registrou nas últimas 24 horas 116 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus. Nesta quinta-feira, 26, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) confirmou que o número de infectados subiu de 35.188 para 35.304. Das novas notificações, todos os 116 são resultados RT-PCR.

De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), mais um óbito ocorreu pela doença, sendo do sexo feminino, fazendo com que número oficial de mortes por Covid-19 suba para 722 em todo o estado. N.T.S., de 63 anos, era moradora do Bujari, deu entrada no dia 9 de novembro no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), e veio a óbito no dia 25 de novembro.

O Acre, até o momento, registra 97.980 notificações de contaminação pela doença, sendo que 62.168 casos foram descartados. Atualmente, 508 exames de RT-PCR seguem aguardando análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 30.179 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 126 pessoas seguem internadas.

Continuar lendo

Cotidiano

Aplicação do Enem será feita com 50% da capacidade de ocupação das salas

Publicado

em

Nova regra foi motivada pela pandemia de Covid-19

Para próxima edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem sido anunciada uma série de adaptações ao contexto de pandemia. Uma delas é a redução de participantes por sala no momento de aplicação. Conforme comunicou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a ocupação será de aproximadamente 50% da capacidade original. 

Em 2019, o Enem foi aplicado em 145 mil salas distribuídas em cerca de 10 mil locais de prova. Em 2021, quando será aplicada a edição de 2020, são estimadas 205 mil salas, em 14 mil pontos de aplicação.

Outras ações também já foram pontuadas recentemente pelo Inep, como uma sala especial com ocupação de até 12 pessoas, destinada aos participantes mais vulneráveis à Covid-19.

Ainda em virtude do contexto de pandemia estão a obrigatoriedade do uso de proteção facial durante a prova e a disponibilização de álcool em gel aos participantes, que poderão levar mais de uma máscara para trocar ao longo do dia. Os profissionais que irão trabalhar nos dias de prova também estão sendo capacitados por meio de cursos a distância para se adequarem às medidas de segurança sanitária. 

E-Book de Revisão Enem Check 

Faltando um pouco mais de dois meses para o exame, os alunos seguem mantendo o foco nos estudos, fazendo revisão dos conteúdos que foram estudados ao longo do ano. Para auxiliar os candidatos a recapitularem os principais assuntos, o Educa Mais Brasil, programa de iniciativa privada que oferta bolsas de estudo, lançou o “E-Book de Revisão Enem Check”.

No e-book do Enem está disponível um plano de estudos com estratégias e métodos para aprimorar a organização diária, cronograma com os assuntos divididos por área, dicas de filmes e séries relacionadas a cada uma das quatro áreas de conhecimento abordadas no exame. 

Há, ainda, recomendações de livros para ler e pesquisar, além de sites de outros projetos do programa Educa Mais Brasil, onde também é possível encontrar materiais 100% gratuitos para incrementar os estudos para o Enem. Para ter acesso ao material, basta clicar aqui

Cronograma Enem 2020

Provas impressas: 17 e 24 de janeiro

Prova digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro

Reaplicação da prova: 23 e 24 de fevereiro

Resultados: a partir de 29 de março

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

Continuar lendo

Acre

Prefeitura de Rio Branco autoriza uso de provadores em lojas

Publicado

em

A prefeita Socorro Neri (PSB) publicou Decreto nesta quinta-feira, 26, no Diário Oficial do Estado (DOE) liberando o uso de provadores em lojas na capital.

No decreto, a Prefeitura destaca que o uso de provadores deverá seguir alguns protocolos sanitários para evitar contaminação, por exemplo, a disponibilização de álcool gel 70%, logo na entrada do vestuário.

As cabines devem ainda ser organizadas de forma a evitar aglomerações. Após cada prova, os artigos que o cliente não for comprar devem ser separados em arara identificada e devem ser utilizados ferros a vapor ou vaporizadores antes de voltarem para o estoque.

Em outro trecho, os provadores deverão ser higienizados, após o cliente fazer a prova, principalmente os puxadores, maçanetas das portas e cabideiros. Os lojistas devem ainda garantir boa ventilação na área das cabines e, quando possível, evitar o uso de ar-condicionado.

Outra medida determinada no protocolo é que, quando a loja receber devoluções de produtos, deve mantê-los em quarentena por, pelo menos, 72 horas. O decreto coloca como opção passar os itens com ferro a vapor ou usar vaporizadores, caso seja adequado ao tipo de produto, antes de disponibilizá-los aos clientes.

Por fim, as lojas terão que fixar cartazes com as seguintes orientações aos clientes:

– Respeitem a entrada de um cliente por cabine;

– Fiquem todo o tempo com a máscara;

– Separem os produtos que não forem comprar deixando em área devidamente identificada ou entregar para o vendedor;

– Higienizar as mãos com álcool a 70% de maneira adequada antes de fazer a prova das roupas.

Continuar lendo

Extra Total

Pacientes de Rio Branco voltam a esperar vaga para internação em ala de Covid-19

Publicado

em

Foto: Júnior Aguiar 

Chegando a marcar 35.188 infectados pelo novo coronavírus, a capital acreana já sente a alta no número de novos casos em meio a uma possível segunda onda de contaminação da Covid-19 no estado. O médico Thor Dantas, que integra o Comitê de Acompanhamento Especial da doença no Acre, divulgou nesta quinta-feira, 26, dados preocupantes da pandemia.

O médico observou durante visita em quatro hospitais de Rio Branco durante a manhã um grande número de casos. “Pacientes aguardando vaga para internar”, alertou. O especialista em infectologia destacou as medidas importantes que devem ser tomadas neste momento, como: uso de máscara, evitar aglomeração e ter nojo das mãos.

“Lave sempre [as mãos] antes de levar ao rosto. Tenha “nojo das mãos” significa dizer que as mãos devem sempre ser consideradas potencialmente sujas… até serem lavadas ou passado álcool, não leve-as ao rosto”, afirma Dantas.

O Acre, até o momento, registra 97.476 notificações de contaminação pela doença, sendo que 61.927 casos foram descartados. Atualmente, 361 exames de RT-PCR seguem aguardando análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 30.179 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 124 pessoas seguem internadas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas