Conecte-se agora

No Acre, 40 psicólogos voluntários atendem pacientes da Covid-19 e familiares

Publicado

em

Desde que a pandemia do novo coronavírus chegou ao Acre, o governo pensou em oferecer algum projeto que pudesse atender pessoas e familiares de atingidos pela Covid-19. Foi então que surgiu o “Saúde Emocional – Fale comigo, você não está sozinho”, idealizado pelo gabinete da primeira-dama do estado, Ana Paula Cameli, a secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM), além de parceiros.

A ideia, segundo o governo, é oferecer apoio emocional a pessoas que contraíram o coronavírus e aos familiares de pacientes e de vítimas fatais da doença. Atualmente, 203 pessoas estão recebendo atendimento por meio desse projeto, que conta com 40 psicólogos voluntários. As orientações dos profissionais apontam como agir diante da ansiedade ou pânico oriundos de um resultado positivo para a Covid-19.

De acordo com a primeira-dama Ana Paula Cameli, “o projeto tem como principal objetivo acolher as pessoas vítimas do vírus. O medo e a ansiedade aumentam, então o serviço busca ajudar a superar as angústias e ter esperanças de melhora”.

Para o serviço, é disponibilizado o nome e telefone das pessoas que testaram positivo. Os atendentes entram em contato para oferecer o acolhimento, que se dá por Skype, WhatsApp e ligações.

Uma das psicólogas do programa, Claudia de Carvalho, diz que “na evolução dos atendimentos, você vai vendo a autoestima ser recuperada, a vontade de viver cada dia sendo aumentada e o medo da morte abandonado. Não realizamos terapia de fato, é uma ação que visa dar suporte emocional”.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas