Conecte-se agora

Helicóptero do Amazonas dá apoio à operação contra delitos ambientais no Acre

Publicado

em

Um helicóptero do 4º Batalhão de Aviação (BAVEX), que fica em Manaus, está em Cruzeiro do Sul dando apoio à uma operação realizada pelo 61° Batalhão de Infantaria e Selva. Há informações de que o Exército e a Polícia Federal fazem operação na fronteira com o Peru e em unidades de conservação ambiental .

A Assessoria de Comunicação da do 61º BIS informou que nessa quinta-feira, dia 28, irá emitir uma nota sobre a operação.

GLO

Por meio do Decreto 10.341, de 6 de maio, o presidente Jair Bolsonaro, autorizou o emprego das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO) e em ações subsidiárias na faixa de fronteira, além de terras indígenas, nas unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas federais nos Estados da Amazônia Legal até o dia 10 de junho.

O decreto também dá poder de polícia ao Exército para atuar no combate às queimadas no Acre e demais estados da Amazônia Legal. Os órgãos ambientais e as forças policiais estaduais atuam sob o comando do Exército no combate aos ilícitos ambientais.

O objetivo é realizar ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais, direcionadas ao desmatamento ilegal e ao combate de focos de incêndio.

De acordo com o Decreto, o Ministro de Estado da Defesa que definirá a alocação dos meios disponíveis e os comandos que serão responsáveis pela operação. O emprego das Forças Armadas ocorre em articulação com os órgãos de segurança pública, sob a coordenação dos comandos e com os órgãos e as entidades públicas de proteção ambiental.

O que é GLO

Realizadas exclusivamente por ordem da presidência da República, as missões de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) ocorrem nos casos em que há o esgotamento das forças tradicionais de segurança pública, em graves situações de perturbação da ordem.

Reguladas pela Constituição Federal, as operações de GLO concedem provisoriamente aos militares a faculdade de atuar com poder de polícia até o restabelecimento da normalidade.

Nessas ações, as Forças Armadas agem de forma pontual em área restrita e por tempo limitado, com o objetivo de preservar a ordem pública, a integridade da população e garantir o funcionamento regular das instituições.

A decisão sobre o emprego excepcional das tropas é feita pela presidência da República, por motivação ou não dos governadores ou dos presidentes dos demais Poderes constitucionais.

Anúncios

Na rede

Com maioria na Câmara, Zequinha acredita que não enfrentará problemas com vereadores

Publicado

em

Zequinha Lima, eleito prefeito do município de Cruzeiro do Sul com 44,15% dos votos válidos, está tranquilo quanto à base de apoio na Câmara Municipal. A coligação que o elegeu tem 8 dos 14 vereadores eleitos. Com a maioria dos parlamentares, Zequinha diz estar agora inteiramente concentrado na transição, mas afirma que vai buscar o diálogo com todos os vereadores de oposição.

“Nossa coligação elegeu oito vereadores. Respeito a todos e o diálogo irá acontecer com todos os vereadores”. Os 8 vereadores da coligação de Zequinha são os 3 eleitos pelo PP, 2 do PROS, 2 do PSD e 1 do PDT. Já a oposição conta com 6 votos: 4 do MDB, 1 do PSDB e 1 do DEM. Os 3 partidos compuseram chapas majoritárias de oposição à Zequinha.

A base de apoio é importante para a gestão porque o Executivo depende do Legislativo para aprovar, além dos Projetos de Lei, o Orçamento do município, Plano Diretor entre outros.

O vereador mais votado de Cruzeiro do Sul, Cristiano Rodrigues do MDB, diz que não chegará à Câmara para brigar com ninguém e que será guiado sempre pela busca do bem estar da população. “Acho que temos que nos unir vereadores e executivo pelo bem maior que é o povo. Sempre com responsabilidade votando o que for melhor para o povo”, citou.

Veja os vereadores eleitos em Cruzeiro do Sul:

Cristiano Rodrigues (MDB) – 1.048 votos – 2,42%

Franciney (PP) – 1.031 votos – 2,38%

Keleu (PP) – 979 votos – 2,26%

Zaldo Moto Taxi (PROS) – 978 votos – 2,26%

Antonio Cosmo (MDB) – 973 votos – 2,25%

Márcio da Farinha (PSDB) – 937 votos – 2,16%

Elter Nobrega (PROS) – 833 votos – 1,92%

Altemar Santa Rosa (MDB) – 828 votos – 1,91%

Noeca (DEM) – 825 votos – 1,91%

Mazinho da BR (MDB) – 813 votos – 1,88%

Clerton Souza (PSD) – 752 votos – 1,74%

Leandro Cândido (PP) – 707 votos – 1,63%

Gilmar da Saúde (PDT) – 675 votos – 1,56%

Betão da BR (PSD) – 507 votos – 1,17%

Continuar lendo

Na rede

PP deverá ficar com a presidência da Câmara de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Dos 14 vereadores da atual legislatura, apenas 5 foram reeleitos em Cruzeiro do Sul. A partir de janeiro, o legislativo contará com representantes de 8 partidos, sendo que o MDB tem a maior bancada com vereadores. Mas a coligação que elegeu o prefeito Zequinha Lima tem 8 vereadores e é neste cenário que acontece a disputa pela presidência da casa.

O vereador mais votado de Cruzeiro, Cristiano Rodrigues, do MDB, que teve 1.048 votos, afirma que gostaria de disputar a presidência do legislativo, mas sabe que não será fácil. Cristiano ressalta que ainda não teve nenhuma conversa sobre a mesa diretora. “Primeiro temos que nos entender os 4 eleitos pelo MDB e buscar apoio dos demais partidos. Mas nada disso ainda aconteceu “, explica.

Já o segundo vereador mais votado de Cruzeiro do Sul, Franciney Freitas, do PP, mesma sigla do prefeito Zequinha, eleito com 1.031 votos, também quer presidir a Câmara. Ele já está se articulando dentro do PP e com os demais partidos. “Quero sim ser o presidente. Minha votação e o apoio da nossa coligação me credenciam para isso. Quero uma câmara mais transparente cujas ações sejam mais conhecidas pela população”, afirma.

O vereador João Keleo, também do PP, pôs o nome à disposição do partido. Mas afirma que se Franciney for escolhido não haverá problemas. “Tenho uma amizade sólida com o Franciney e abro pra ele sem problema. Mas a decisão será tomada entre mim, ele e o vereador Leandro Cândido, também do nosso partido, sem interferência externa, assegura Keleo.

O prefeito eleito Zequinha Lima diz que está isento e que não participa da disputa pela presidência da Câmara Municipal. “É uma decisão que os vereadores têm que tomar. Qualquer um dos 14 podem ser candidatos e a escolha fica a critério deles”, finaliza.

Na legislatura atual, o ex-prefeito Ilderlei Cordeiro enfrentou oposição ferrenha do MDB, que não se repetiu com o prefeito Clodoaldo Rodrigues, que ficou à frente do executivo depois da cassação de Ilderlei, em agosto deste ano.

Continuar lendo

Na rede

Após ser reeleito, prefeito Isaac Lima aumenta o próprio salário

Publicado

em

Foto: Reprodução

O prefeito de Mâncio Lima, Isaac Lima (PT), reeleito no último domingo (15), publicou um decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta segunda-feira, 23, aumentando o seu próprio salário em torno de 20% para os próximos quatro anos. O decreto entra em vigor a partir de 1 janeiro de 2021.

A decisão do prefeito também beneficia a sua vice Ângela Valente (PSB) e os seus secretários municipais.

Antes do decreto, Isaac recebia R$ 13 mil, o vice ganhava R$ 11 mil e os secretários recebiam R$ 5 mil. Com a alteração, o prefeito passa a ganhar R$ 15,6 mil, o vice R$ 13,2 mil e os secretários R$ 5,9 mil.

Continuar lendo

Na rede

Cruzeiro do Sul terá 1º Shopping Popular às margens do Rio Juruá

Publicado

em

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Clodoaldo Rodrigues (PP), assinou nesta segunda-feira, 23, a ordem de serviço para a construção do primeiro Shopping Popular do município. A emenda de R$ 1 milhão é da deputada federal Jessica Sales (MDB) e R$ 200 mil já foram liberados. O restante dos recursos será liberado mediante execução e medição do serviço.

O Shopping Popular de Cruzeiro do Sul será erguido próximo às margens do Rio Juruá, terá 36 boxes e abrigará os mais variados setores do comércio, como confecção, além de serviços e alimentação.

Segundo o prefeito Clodoaldo, a obra deverá ser erguida em 6 meses. “Esses 36 boxes não têm donos ainda e os critérios de ocupação serão determinados pelo próximo prefeito, Zequinha Lima. Nós vamos começar já para não devolver dinheiro e nossa equipe vai se empenhar ao máximo nesse início da obra, que é de nossa responsabilidade”, explica o gestor municipal.

O deputado estadual Luiz Gonzaga, que participou do ato de assinatura da Ordem de Serviço, destacou a geração de emprego com a execução do serviço. “Vai aquecer o comércio porque o material de construção será comprado aqui. Vai gerar empregos durante a obra e depois com o shopping funcionando e isso é muito importante para o desenvolvimento de Cruzeiro do Sul”, concluiu o parlamentar.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas