Conecte-se agora

Acre tem mais 470 infectados por Covid-19 e 8 mortes em 24 horas

Publicado

em

O Acre parece está longe do momento de comemorar a diminuição dos casos da Covid-19. O que se vê diariamente é o contrário. Cada dia o número de pessoas doentes é maior.

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 470 novos casos da doença. O número total de pessoas infectadas ultrapassou a marca dos cinco mil e contabiliza no total agora 5.251 pessoas.

Com mais gente doente, também cresce o número de mortes. No boletim parcial desta quarta-feira, 27, a Secretaria Estadual de Saúde anunciou mais 8 mortes tendo a Covid-19 como causa. O total de vítimas fatais subiu para 113 pessoas.

As vítimas são C. M. C. C., de 33 anos, cuja data de entrada no Pronto-Socorro de Rio Branco não foi divulgada, morreu no último dia 23. Ela tinha como comorbidades, segundo declaração de óbito assinado pelo médico, tromboembolismo pulmonar e obesidade.

A. S. N., de 35 anos, deu entrada na UPA do Segundo Distrito no dia 22 de maio e morreu nesta manhã de quarta-feira, 27. Ela apresentava como comorbidades hipertensão arterial e obesidade.

S. M. A. R., de 56 anos, do município de Capixaba. S. R. deu entrada na UPA do Segundo Distrito, com entrada não divulgada, falecendo no dia 19 de maio. Ela tinha como agravos, segundo a declaração de óbito, diabetes, asma e hipertensão arterial.

M. B. S., de 66 anos, deu entrada no Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre no dia 15 de maio, falecendo nesta terça-feira, 26. Na sua declaração de óbitos, o médico não registrou comorbidades.

M. L. C., de 75 anos, foi levada para atendimento no Pronto-Socorro no dia 19 de maio, falecendo no dia 24. Ela tinha como comorbidade enfisema pulmonar.

A. J. R. O., de 34 anos, que deu entrada no dia 25 de maio na UPA do Segundo Distrito, falecendo no dia seguinte, 26 de maio. Segundo a declaração de óbito, ele tinha problema renal crônico há dois anos.

L. B. F., de 39 anos, que foi internado no Hospital Regional do Juruá, dia 10 de maio, falecendo no último dia 26 de maio, em Cruzeiro do Sul. Segundo a declaração de óbito do paciente, ele tinha problemas de hipertensão arterial.

J. M. S., de 68 anos, que deu entrada no Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre, no dia 13 de maio e faleceu no dia 25. O médico que declarou o óbito registrou hipertensão arterial, diabetes e problemas cardiorrespiratórios.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas