Conecte-se agora

Bolsonaro que se dane

Publicado

em

O governador Gladson Cameli não está nem aí para as recomendações do presidente Bolsonaro e para o ministro Paulo Guedes, que são contra os Estados darem vantagens salariais aos servidores. Distribuiu gratificações a rodo para a Saúde e Segurança. Desde que o Estado esteja nadando em dinheiro, nada contra, até por ser justo às categorias, num momento em que se dedicam em jornadas extras nestes tempos de pandemia.

SE CORRER O BICHO PEGA, SE FICAR, O BICHO COME

O senador Márcio Bittar (MDB) pintou na sua cabeça um cenário pelo qual o grupo que elegeu o governador Gladson Cameli chegaria unido, em torno de um nome para disputar a prefeitura de Rio Branco. Ficou só no sonho. O seu partido foi o primeiro a espatifar o ninho da pata, adotando com o deputado Roberto Duarte (MDB) uma linha na Assembléia Legislativa de ataques duros ao atual governador, se unindo para isso ao discurso da oposição. Isso deixará o Márcio, que hoje é um dos aliados mais próximos do governador, numa situação não muito confortável na campanha. O Palácio Rio Branco elegeu como uma de suas prioridades na eleição a de derrotar a candidatura a prefeito da capital do deputado Roberto Duarte (MDB). E vem a pergunta: para qual palanque irá o senador Bittar. Para o do nome a ser apoiado pelo Gladson á PMRB, ou para o palanque do candidato do seu partido? Está naquela de que: se correr, o bicho pega, se ficar, o bicho come. Não há saída que não magoe um dos lados.

MAIS QUE NORMAL

O senador Márcio Bittar (MDB) sair na defesa do presidente Bolsonaro não é novidade para quem acompanha sua trajetória política. Como ele se definiu, é mais direita que o Bolsonaro.

UMA CORREÇÃO

Recebo ligação do amigo jornalista Ailton Oliveira para dizer que o prefeito de Acrelândia, Ederaldo Caetano, não liberou as atividades comerciais, e que apenas acrescentou exigências, como a obrigação do uso de máscara. Ainda bem, seria flertar com o risco em plena pandemia.

SEMPRE FOI DESBOCADO

Não há porque se admirar do linguajar do presidente Bolsonaro, sempre foi desbocado, desde a campanha. Mas leva uma vantagem em relação aos governos anteriores de esquerda: não se conhece uma prática de bandalheira até aqui na sua administração. É um ponto ao seu favor.

HORA DE INOVAR

Ex-deputado petista comentou com o BLOG ser a hora do PT procurar se reinventar, lançando um nome novo para disputar a prefeitura da capital, e procurar conversar mais com as velhas lideranças. Descarta a candidatura do ex-prefeito Raimundo Angelim (PT) á PMRB.

CORRIDA MALUCA

As previsões dos infectologistas de que o Covid-19 entraria num pique de crescimento no Estado estão se confirmando, pela corrida maluca do vírus logo se chegará aos 4 mil casos.

COM QUE CARA FICOU?

Com qual cara ficou, quem taxou o médico Thor Dantas de alarmista e de querer aparecer na pandemia? Tudo o que o Thor falou nas suas lives sobre o Covid-19 está acontecendo..

SAÚDE SUCATEADA

A pandemia do Covid-19 está confirmando que o governador Gladson pegou uma Saúde sucateada e tendo que basicamente partir do zero para estruturar o sistema, e fazer frente à escalada do coronavírus. O que se tinha muito era a empáfia em cima de algo irreal.

CARTAS ERRADAS

Um petista da velha guarda ligado á Saúde, comentando ontem as críticas, concordou que de fato o governo passado fracassou em mudar a cara da Saúde, e o que fez de bom não chegou à população, porque investiu na publicidade em jornais escritos, veículos que ninguém lê, deixando de lado a mídia eletrônica, que chega do mais pobre ao mais rico.

PROGRESSISTAS DIVIDIDOS

O PT de Brasiléia está dividido sobre quem apoiar na eleição deste ano. A cúpula, que não tem votos, quer apoiar a reeleição da prefeita Fernanda Hassem (PT). E o vereador Joelson Pontes (Progressistas), que tem votos, deve caminhar com a candidatura da Leila Galvão (MDB).

FICARIA MAIS DIFÍCIL

Politicamente, a prefeita Socorro Neri não errou em se afastar do PT, e ir para a disputa de um novo mandato com cara própria. Tem muita gente boa no PT, mas também tem figuras carimbadas que tiram votos, e ela teria que conviver com estes cupins políticos no palanque.

UM FATO QUE IMPRESSIONA

Quando se dá uma olhada no perfil de qualidade dos dez candidatos a prefeito de Rio Branco nota-se um ponto muito positivo: todos com preparo profissional. O que é bom para o eleitor.

ELEITOR CONSOLIDADO

Mesmo com a sua linguagem de boteco de beira de mercado, o presidente Bolsonaro conseguiu manter seguidores fiéis, principalmente, no eleitorado conservador, e entre os evangélicos radicais. A tendência é que chegue em 2022, se nada mudar, ainda competitivo.

PRÓPRIAS PERNAS

Todos os prefeitos do PT se elegeram ancorados na máquina do governo petista, e com as tradicionais ajudas de empreiteiros pelo Caixa 2. Na eleição deste ano, com o PT fora do poder, não terão o empurrão da máquina e tampouco terão as ajudas dos empresários do passado.

NÃO SERÁ FÁCIL

Esta ideia de grupos políticos de que a oposição deveria ter uma candidatura de unidade para disputar a prefeitura de Feijó é válida. Só que, pelas reações, será de difícil concretização. E, com MDB, PCdoB, PSDB com candidatos próprios, fica mais difícil derrotar o prefeito Kiefer.

NEM TANTO PELA GESTÃO

Não é nem tanto pela gestão do prefeito Kiefer, que pelo que se ouve, não é a última bolacha do pacote, mas pelo fato que os votos da oposição serão pulverizados. E lá é turno único.

NÃO LEIAM O LIVRO

Recomenda-e aos candidatos a vereadores a não ler o livro da secretária de Turismo, Eliane Sinhasique, sobre como vencer uma eleição sem gastar dinheiro, até porque a teoria não funcionou na prática. Na sua última eleição para prefeita, sofreu uma fragorosa derrota.

SABE ONDE PISAR

Um prefeito que vem de outros mandatos e no poder, num município pequeno, já leva uma grande vantagem sobre os adversários. Disputa no mandato e sabe onde conseguir votos. Não apostem na hipótese de que o prefeito Tião Flores, de Epitaciolândia, é carta fora do baralho.

PARTO DIFÍCIL

Pela centésima vez se anuncia que o DNIT aprovou o anteprojeto do governo do Acre para a construção do Anel Viário de Brasiléia, cuja licitação deve acontecer em 15 dias. Desde o governo passado que este tipo de anúncio vem sendo feito e nada da obra começar.

EM QUE FICOU MESMO?

É bom lembrar que a ponte que consta da obra não cortará a cidade de Brasiléia, passará ao largo. Por isso é bom o governador Gladson ir pensando numa segunda ponte, esta ligando o centro da cidade. Em que ficou mesmo a propaganda das pontes metálicas doadas (sic) pelo DNIT?

TENHA MAIS DIÁLOGO

O que se espera é que nova secretária municipal de Saúde, Jesuíta Arruda, tenha mais diálogo com os dentistas, o que não acontecia com o secretário anterior, pelas queixas que se ouviu.

GLADSON SEM NOME

Os grupos aliados ao governador Gladson Cameli continuam sem uma definição sobre quem apoiar para a prefeitura de Cruzeiro do Sul. Nesta batida, quando conseguirem este nome, a eleição terá terminado. Perguntei ao Gladson quem seria este nome, e disse não ter ainda.

CANDIDATURA DA UNIDADE

Para ter chance na eleição para a prefeitura de Cruzeiro do Sul o candidato do grupo de aliados do governador Gladson teria de agregar todos os partidos do seu campo. Acontece é que o senador Petecão (PSD) me disse não abrir mão da candidatura do Henrique Afonso (PSD) a prefeito. É um quadro indefinido. É uma definição que teria de ser costurada agora.

CORRENDO SOLTO

Enquanto seu lobo não vem, o MDB com a candidatura organizada do Fagner Sales (MDB) a prefeito, com uma forte base de candidatos a vereadores, a força eleitoral do pai Vagner Sales, das deputadas Jéssica Sales e Antônia Sales, vai correndo solto e se fortalecendo.

CASOS EXPLODIRAM

Falando de Cruzeiro do Sul, os casos de Covid-19 explodiram na cidade, fugindo ao controle. Mas temos de reconhecer que o prefeito Ilderlei Cordeiro não tem sido omisso no combate à pandemia. O problema em Cruzeiro do Sul e Rio Branco é que a população não assimilou a gravidade da situação. Nas duas maiores cidades do Estado, o sistema de saúde está saturando.

FRASE MARCANTE

“Todo sapato bonito um dia se torna chinelo velho”. Ditado chileno.

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas