Conecte-se agora

Acre supera os 4 mil casos de Covid-19 e mortes chegam a 92

Publicado

em

O Acre passou das 4 mil pessoas infectados pelo novo coronavírus neste domingo, 24. Boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) confirma 293 novos casos, fazendo com que o total agora em todo o estado seja de 4.160 pessoas que contraíram o novo coronavírus.

No Acre, até o momento são 10.880 casos notificados, sendo que 5.663 foram descartados. Outros 4.160 foram confirmados e 1.057 seguem aguardando resultado de exame laboratorial por PCR no Laboratório Rodolphe Mérieux. Pelo menos 1.417 tiveram alta, ou seja, estão curadas da doença.

A Sesacre também informa que existem 91 pacientes internados por causa da doença, sendo que 20 estão em leitos de UTI.

As mortes também cresceram neste domingo. Foram contabilizadas mais 5 mortes, totalizando agora 92 óbitos pela Covid-19.

A primeira vítima da doença foi o paciente R. N. S. A., de 63 anos, que morreu neste sábado, 23, na UTI do Pronto-Socorro, onde estava internado desde o último dia 13. Na sua declaração de óbito, não consta registro de comorbidades.

O. L. G., é a segunda vítima da pandemia no estado, que também morreu neste sábado, 23. O idoso de 77 anos havia dado entrada no Into no dia 15 de maio, onde veio a falecer oito dias depois. O paciente residia em Rio Branco e era acometido de diabetes e hipertensão arterial.

A terceira morte é de um homem de 76 anos. S. G. O., que deu entrada no dia 15 de maio, no Pronto-Socorro de Rio Branco, veio a óbito no dia seguinte, mas apenas hoje seu exame confirmou a causa da morte. Também residia em Rio Branco e possuía comorbidades como hipertensão arterial e insuficiência cardíaca.

O quarto óbito é de um homem de 88 anos. J. A. N., que deu entrada no Into no dia 18 de maio, e cujo óbito se deu no dia 19. Ele era portador de doença crônica renal.

O quinto é uma mulher de 62 anos. R. N. T. F., que deu entrada na UPA do Segundo Distrito no dia 16, falecendo no dia 20 de maio. Na sua declaração de óbito há registro de comorbidades, diabetes e hipertensão.

Das 92 mortes registradas pela doença, 86,96% foram em Rio Branco. As 12 restantes estão divididas entre de Plácido de Castro (3), de Cruzeiro do Sul (3), Tarauacá (2), e 1 em Acrelândia, Brasileia, Assis Brasil e Sena Madureira

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas