Conecte-se agora

Lockdown parece inevitável

Publicado

em

Arrochar ainda mais as medidas no combate ao coronavírus não seria preciso se a população da capital, em sua boa parte, tivesse o mínimo de responsabilidade em cumprir as normas de isolamento social. Mas não acontece. Uma parcela dos comerciantes continua a desafiar os decretos do governador e da prefeita ao não fechar seus estabelecimentos, principalmente, na periferia. O que se mais vê no meio das ruas são pessoas sem máscaras se expondo encontrar o Covid-19 e, em contaminar as demais pessoas. Na velocidade que vão as contaminações não vai demorar e se chegará aos quatro mil casos de contaminados. E o número de mortes passando da barreira das cem. Falta uma consciência coletiva que vivemos uma pandemia. Nos bairros da periferia acontece como se estivesse tudo normal. O pior é que estes irresponsáveis tornam a pandemia mais agressiva. E se amanhã o médico tiver quem escolher quem vai viver ou quem vai viver, com certeza vão querer culpar o governo pela falta de leito e de respirador. O governador Gladson fez sua parte. A prefeita Socorro Neri a dela. Se o povo é omisso, a culpa não lhes cabe pelo caos. O governo decretar um lockdown parece cada dia mais inevitável.

NÃO GANHOU NO GRITO

A oposição bem que tentou em fazer do projeto de criação do Instituto de Saúde o seu cavalo de batalha político, mas ficou só no grito, todas as suas emendas votadas fora derrubadas, e o mesmo deve ocorrer com as restantes, na sessão da próxima terça-feira, na ALEAC. Quem garante é o líder do governo na ALEAC, Deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS).

MAGALHÃES SE SUPEROU

Nesta disputa pela aprovação do Instituto da Saúde, quem se superou na arte de jogar cascas de bananas para a base do governo escorregar, foi o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB). A sua emenda propondo a contratação efetiva e a volta de todos os demitidos do Pró-Saúde é um jabuti na forquilha, quer com um PL quer derrubar uma sentença transitada em julgado.

MELANCIA POR JERIMUM

Claro que o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) sabe que a sua emenda para recontratar os demitidos é uma aberração jurídica, mas ardiloso como é está fazendo o jogo político da oposição. O Magalhães está naquela de vender melancia por jerimum; e se colar, colou.

LEVANDO PARA A MESMA FRIA

As emendas dos deputados de oposição levam o governo para a mesma arapuca que foi o Pró-Saúde; quando da sua criação, e que pelo formato levou a justiça do trabalho a determinar a demissão de todos. Este formato que quer a oposição é o mesmo que levou o TCE condenar os ex-gestores do Pró-Saúde em 6 milhões de reais, que corrigidos pode chegar aos 20 milhões.

FALTOU COMBINAR COM OS TUCANOS

O presidente do PSDB, o Correinha, me ligou para dizer que, nunca ninguém falou com a direção partidária sobre uma candidatura única das oposições para disputar a prefeitura de Feijó. E não está nos planos dos tucanos a retirada da candidatura do Pelé Campos a prefeito.

ESTE EDVALDO É ESPERTO!

Deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) deu o que se chama no popular de uma “loba” na articulação que o deputado Jenilson Lopes (PSB) vinha fazendo para lançar seu candidato a prefeito de Tarauacá. O Magalhães foi mais esperto e carreou os apoios dos grupos oposicionistas, para a candidatura do ex-prefeito Rodrigo Damasceno, pelo PSDB.

NÃO PERDE OPORTUNIDADE

O deputado Roberto Duarte (MDB) não perde a oportunidade de futricar o governador Gladson Cameli. Queria a suspensão da votação do projeto do Instituto da Saúde, para não “magoar” o vice-governador Major Rocha, que é contrário à matéria. Isso pode, Arnaldo!

MUSA DO PT

Jesuíta Arruda é a nova secretária municipal de Saúde. É apontada por quem é da área, como competente. Jesuíta foi a “musa” do PT na Saúde, nas gestões do Jorge Viana e do Angelim. 

NÃO MIRO A IDEOLOGIA

Não dou importância para a ideologia de quem ocupa cargo público, o que me interessa é que, quem for o ocupante seja competente, e o raciocínio se aplica à secretária Jesuíta. 

MALDADE E INVEJA

No comando do médico Carlos Beirute a Pronto Clínica se tornou uma das unidades mais modernas da capital. Fizeram uma denúncia maldosa, deve ser inveja, de que não estava preparada para tratar do Covid-19, quando até respirador cedeu de graça para o Estado.

TODO TEMPO DO MUNDO

O candidato a prefeito da capital, Minoru Kinpara, está defendendo a construção de um Hospital Universitário. Nada contra, mas a favor. Só que o Minoru teve todo tempo do mundo  quando era Reitor da UFAC, para se dedicar com exclusividade à obra, e isso não aconteceu.

MUITO NATURAL

É muito natural que quando se vai chegando a eleição os candidatos começam a propor solução para tudo e apresentar propostas de obras, que estavam esquecidas. É o jogo.

TODAS DERRUBADAS

O líder do governo, deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS), garante para a próxima terça-feira a votação do projeto que cria o Instituto da Saúde, com a derrubada das emendas da oposição. É a velha história de que, quem comanda o parlamento é a maioria.

BRINCANDO COM A MORTE

Acrelândia é um foco do Covid-19. O prefeito Ederaldo Caetano temerariamente mandou abrir  o comércio, com a pandemia numa curva crescente no município. Pode pagar caro na opinião pública este seu rompante bolsonarista, se os casos aumentarem e mais mortes ocorrerem.

PROTEGENDO VIDAS

Diferente da prefeita Fernanda Hassem, em Brasiléia, que se preocupa com vidas. Lá, ela endureceu: comércios que não se enquadram em atividades essenciais se não fecharem vão receber multa, e na incidência podem ter o Alvará cancelado. E está proibido circular das 23 horas ás 6 da manhã. Medidas que se justificam pelos novos casos do Covid-19 e mais mortes.

LOCKDOWN

Na avaliação do deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS), as coisas caminham na pandemia para o governador Gladson decretar o lockdown, um endurecimento nas medidas para aumentar o isolamento. Até aqui a população não correspondeu á recomendação de ficar em casa. Depois não culpem o governador se a pandemia ficar fora de controle na capital.

RAZÃO DO PROTESTO

O deputado federal Alan Rick (DEM) tem razão em protestar contra a derrubada da Liminar que permitia ao governo do Acre contratar, numa medida emergencial, médicos formados no exterior. Não se entende como é que se contratam os médicos cubanos, também sem CRM.

DISCURSO LÚCIDO

O vereador Eduardo Farias (PCdoB) fez um discurso lúcido: não se pode politizar a cloroquina.

FALTA DE PLANEJAMENTO

Faltou planejamento à SESACRE, antes de montar uma estrutura para centralizar o tratamento do coronavírus no INTO, deveria ter testado o gerador da unidade antes de tudo, para não acontecer óbito por falta de energia fornecida pela Energisa, como aconteceu ontem

REUNIÃO NO HOSPÍCIO

Passei boa tarde da tarde acompanhando o conturbado momento político com a divulgação de uma reunião do ministério do presidente Bolsonaro. Lembrou uma reunião no hospício. Os únicos sadios da turma parecem ser o ministro Paulo Guedes e o vice Mourão.

 NÃO SURPREENDEU

O discurso agressivo às instituições democráticas é o mesmo da campanha. O resto é política, concordar ou não é questão pessoal. Não está fugindo do roteiro que cumpriu na eleição.

MORDOMO DE SEMPRE

A vitimação de “perseguidos pela imprensa” do Lula e da Dilma não mudou no governo do Bolsonaro. A imprensa continua a culpada por uma ineficiência de um governante. E como nos filmes de suspense, o suspeito sempre é o mordomo. A imprensa não existe para agradar.

ACABA SE REELEGENDO

Quando se vê o idiota do Lula dizer que não quer conversa com o Ciro Gomes e com a Marina, ou seja ainda acha que o PT elege um poste, e não precisa de um candidato único da oposição em 2022, abre caminho para uma reeleição do Bolsonaro, que tem eleitor cativo. Não duvide!

AINDA BEM

Há uma afinação entre STF, Congresso e TSE, de que teremos eleições para prefeitos este ano, ainda que, a data seja transferida para dezembro. Ainda bem que foi soterrada a idéia golpista de prorrogação dos mandatos, que seria ferir a democracia, uma usurpação ao eleitor.

SESSÃO EXTRAORDINÁRIA

O presidente da ALEAC, deputado Nicolau Junior (PROGRESSISTAS), convocou para hoje uma sessão extraordinária para discutir a criação do Auxílio Temporário de Emergência em Saúde, para beneficiar os agentes da Segurança Pública. É uma ajuda financeira que se justifica, pela exposição que a categoria sofre nesta pandemia. O Gladson acertou ao tomar a decisão de destinar 420 reais mensais a estes agentes.

AÇÃO CONJUNTA

Elogiável a ação do senador Márcio Bittar (MDB) de intermediar junto com o governador Gladson junto ao Ministério da Saúde, na liberação de 50 respiradores para o Acre. É apenas um paliativo, pelo aumento diário dos casos de Covid-19, que sufocou o sistema de saúde.

SITUAÇÃO GRAVE

A situação não é só grave na capital, mas também nos municípios, onde a estrutura de saúde é precária. Se aqueles recursos jogados nos serviços porcos do programa “Rua dos Povos”, que se dissolveram no inverno, fossem aplicados na Saúde, por certo se estaria melhor aparelhado.

PARA A TURMA DA “GRIPEZINHA”

Já são 3.343 os casos de contaminação pelo Covid-19, com 80 óbitos. Não é uma “gripezinha”

EXEMPLO AOS GESTORES

Rio Branco aparece como terceira capital no ranking nacional na transparência, no combate ao Covid-19. A prefeita Socorro Neri mostra que faz uma gestão com responsabilidade na aplicação dos recursos recebidos do governo federal, para o combate á pandemia.

NÃO ATENTOU PARA A GRAVIDADE

Boa parte da população da capital não atentou ainda para a gravidade da situação, e a continuarem nas ruas, comerciantes burlando o decreto, a tendência e mais famílias chorarem. Um amigo que passou ontem pela Vila Acre se disse alarmado com o arraial.

NÃO VAI ADIANTAR

Ou o Gladson e a Socorro endurecem as medidas e fazem cumprir os seus decretos com a aplicação de multas, usarem a polícia para fechar as atividades não essenciais, ou não vai adiantar muito se construir hospitais de campanha, porque o aumento de mortes será inevitável.

FRASE MARCANTE

“O homem comum fala, o sábio escuta, o tolo discute”. Ditado oriental.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas