Conecte-se agora

Xapuri registra primeiro caso de transmissão comunitária do novo coronavírus

Publicado

em

A confirmação do vigésimo primeiro caso de Covid-19 em Xapuri, ocorrida na última quarta-feira, 20, veio acompanhada de uma constatação que eleva o grau de preocupação das autoridades de saúde do município: a cidade já tem a ocorrência de transmissão comunitária ou sustentada do novo coronavírus.

Na transmissão comunitária ou sustentada, diferentemente dos casos de transmissão local, não é possível identificar a origem da contaminação, ou seja, não se consegue mais mapear a cadeia de infecção e saber quem foi responsável pela contaminação dos demais, o que potencializa os riscos de transmissão e dificulta o controle da Covid-19.

Um novo caso positivo de coronavírus registrado em Xapuri nesta quinta-feira, 21, também se difere dos demais por se tratar do primeiro registro de contaminação de um adolescente no município. A paciente tem apenas 16 anos de idade, de acordo com a última atualização do Boletim Municipal da Covid-19.

Xapuri tem agora 20 casos confirmados de pacientes que testaram positivo para o coronavírus e que residem na cidade. Outros dois casos foram diagnosticados no município, mas consignados pela Secretaria de Estado de Saúde na estatística do local de residência dos pacientes, a capital Rio Branco.

Até a última atualização dos dados municipais, Xapuri tinha 98 casos notificados à Sesacre, dos quais 64 foram descartados. Os casos monitorados eram 149, com 12 amostras sob análise laboratorial. Dos 22 casos testados positivos no município, 12 já tiveram alta e nenhum óbito foi registrado até o momento.

Há divergências entre os boletins da Secretaria Municipal de Saúde – Semusa – e Secretaria Estadual de Saúde – Sesacre – devido ao tempo entre a coleta de material e o deslocamento até a capital, bem como o ritmo de processamento dos dados pela Vigilância Estadual.

Alto Acre

O novo coronavírus tem apresentado um avanço acelerado nos municípios da regional do Alto Acre nos últimos dias. A região foi uma das últimas a registrar ocorrências de covid-19, que começaram ocorrer a partir de Xapuri, no dia 27 de abril.

Brasiléia, que há pouco mais de uma semana não tinha nenhum caso registrado, chegou, nesta quinta-feira, 21, a 23 registros. A vizinha Epitaciolândia, com 35 casos confirmados é o município da região onde o vírus mais se propagou.

Com mais 7 casos confirmados em Assis Brasil, onde, a exemplo de Brasiléia, já foi registrado 1 óbito, somados aos 20 oficiais de Xapuri, a regional do Alto Acre quase triplicou o número de casos em apenas 4 dias, saltando de 31, na última segunda-feira, 18, para 85 confirmações antes do fechamento da semana.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas