Conecte-se agora

Setor produtivo lança campanha para fortalecer o sistema de saúde do Acre

Publicado

em

Liderada pela FIEAC, Fecomércio, FAEAC e empresários, iniciativa busca arrecadar recursos para auxiliar no enfrentamento ao novo coronavírus 

Representado pelas federações das Indústrias (FIEAC), do Comércio (Fecomércio) e da Agricultura e Pecuária (FAEAC), o setor produtivo do Estado lançou nesta quarta-feira, 20 de maio, a campanha “Salvando Vidas”, que tem como principal objetivo fortalecer o sistema de saúde local. 

A proposta é que o apoio ocorra por meio da arrecadação de recursos de instituições, empresas dispostas a cooperar e a sociedade em geral. Os valores serão utilizados na estruturação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do hospital Santa Juliana, bem como para auxiliar a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) na aquisição de equipamentos de proteção individual, insumos  necessários ao tratamento dos pacientes, entre outras ações sociais que contribuam com o bem-estar da população e reflitam na contenção da pandemia. 

O presidente da Fecomércio, Leandro Domingos, diz que os empresários estão muito sensibilizados por conta da pouca estrutura disponível nos Estados brasileiros, e notadamente no Acre, para atender pessoas acometidas pelo Coronavírus. “Este é um momento que precisamos tirar um pouco daquilo que temos para ajudar as pessoas que estão necessitadas, estruturando os hospitais locais de meios suficientes para atender os pacientes de Covid-19. Temos que criar uma condição mínima necessária para que unidades hospitalares possam atender essa grande demanda”, frisou. 

Segundo o presidente da FIEAC, José Adriano, a população vive um momento de muita insegurança e apreensão em virtude dos índices de contágio que aumentam diariamente. Justamente por isso ele afirma que os empresários, através de suas federações representativas, estarão empenhados em contribuir para ampliar as condições de recebimento e tratamento de pacientes de Covid-19. 

“Firmamos esse compromisso de arrecadar recursos para estruturar dez leitos de UTI no Santa Juliana, um hospital filantrópico gerido pela Igreja Católica, e esperamos, além disso, garantir mais unidades para atender pacientes, sejam do SUS ou não, com complicações decorrentes de Coronavírus. Nossa missão é buscar condições de salvar mais pessoas em função da pressão que advém da fragilidade da saúde pública do Estado”, reforçou o presidente da FIEAC. 

O padre Jairo Coelho, vice-presidente do Santa Juliana, externou sua gratidão pela iniciativa do setor produtivo. “Só temos a agradecer a mobilização dos empresários que, sensibilizados com essa pandemia e a situação que se encontra toda a estrutura de saúde no Estado, se comprometeram com essa campanha para ajudar na estruturação e manutenção dessa UTI com 10 leitos exclusivos para pacientes de Covid-19”, pontuou. 

Já a diretora-técnica do Santa Juliana, doutora Maria do Socorro Avelino, enfatizou que o difícil momento causado pela pandemia exige cooperação de todos. “É primordial esse apoio dos empresários e de toda a sociedade. Necessitamos de equipamentos e também de mão de obra. Sabemos que muitos profissionais estão adoecidos, ocupados, mas precisamos estar unidos. Essa ação vem como uma grande resposta nesse sentindo e a única forma de vencermos o coronavírus é se cada um se doar um pouco mais”, assinalou Avelino. 

Também participaram do ato de lançamento da campanha o presidente da FAEAC, Assuero Veronez, o superintendente do Sebrae no Acre e vice-presidente da Fecomércio, Marcos Lameira, os empresários Ricardo Leite e Marcelo Moura, o diretor executivo da Rede Amazônica, Edmundo Curvo, além de representantes da Sesacre e Santa Juliana. 

Assessoria FIEAC 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas