Conecte-se agora

Governistas mudam PL do Igesac para garantir votação mais rápida

Publicado

em

O líder do governo na Aleac, Gerlen Diniz (Progressistas), defendeu a aprovação do Projeto de Lei que transforma o Pró-Saúde em Instituto de Gestão da Saúde do Acre (Igesacre), que é visto pela oposição e sindicatos como a terceirização da saúde. Ele afirmou que não consegue ver neste PL os defeitos apontados pela oposição.

“Servidor só será cedido ao instituto se ele quiser”, disse, alegando aos oposicionistas, que segundo o deputado, se fazem ouvidos moucos para as explicações acerca do Instituto de Gestão em Saúde do Acre (Igesac).

“Não há argumentos plausíveis para não criar o Igesac”, afirmou Diniz, sustentando que os servidores efetivos não serão prejudicados.

O discurso de Gerlen enfrentou séria instabilidade no sinal de internet. Diniz estava em Sena Madureira na manhã desta quarta-feira. O tempo dedicado ao PP foi usado pelo deputado José Bestene.

“Esse instituto vem para corrigir. A intenção do governo é melhorar a condição dos que lá já estão”, afirmou Bestene, que vai propor quatro emendas modificativas e uma aditiva para assegurar direitos dos servidores do Pró-Saúde. “Esse é um momento de a gente amadurecer um pouco mais essa questão. Quem é da Sesacre não vai interferir em nada”, afirmou Bestene.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas