Conecte-se agora

Vereador N. Lima pede que a prefeitura oferte cloroquina em farmácias de Rio Branco

Publicado

em

Apesar de ainda não ter nenhuma comprovação científica acerca de sua eficácia para o combate ao Covid-19, a cloroquina pautou a sessão da Câmara de Rio Branco nesta terça-feira (19). O vereador N. Lima (Progressistas) usou o seu tempo para pedir que a Prefeitura de Rio Branco oferte a cloroquina junto com os outros remédios na rede municipal de Saúde.

Ele pediu que o governo do estado e a prefeitura faça um kit contendo os remédios.  “Nós estamos vendo vários relatos de pessoas que estão sendo curadas por esse remédio. Quem quiser tomar, que tome. O médico que quiser passar, que passe. A prefeitura e o governador tem que ofertar a cloroquina para a população”, afirmou.

O vereador João Marcos Luz (MDB) reforçou as palavras de N. Lima e aproveitou para criticar o governador Gladson Cameli (Progressistas) por não defender o uso da cloroquina. “O Gladson só fala de hospital, leito, e o principal que é a cloroquina, ele não fala”, afirmou.

O médico infectologista e vereador Eduardo Farias (PCdoB) pediu que N. Lima não “politize” a cloroquina. Farias afirmou que apesar de não ter nenhuma comprovação científica já prescreveu o medicamento.

“Não podemos politizar condutas médicas ou medicamentos. Eu já prescrevi cloroquina e tive dois pacientes que apresentarem efeitos colaterais do medicamento. Ainda não existe um estudo que comprove a eficácia do medicamento”, relatou.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas