Conecte-se agora

O lado cruel da pandemia: creche anuncia encerramento das atividades após 6 anos

Publicado

em

O isolamento social tem sido anunciado pelas autoridades de saúde como a única medida eficaz para que a Covid-19 não se transforme em uma catástrofe ainda maior. Todos os países que conseguiram ou estão conseguindo passar pelo auge de contaminação investiram no distanciamento social.

Em compensação, há a preocupação com a economia, já que apenas atividades consideradas de primeira necessidade estão autorizadas a funcionar.

Com isso, há o temor de que após a pandemia, muitas empresas não resistam e fecham as portas. Segundo estimativa da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agrícola do Acre (ACISA), 30% dos negócio fechados por força de decreto fecharão as portas de forma definitiva.

Foi o que já aconteceu uma creche de Rio Branco. Inaugurada em março de 2014, a instituição não resistiu ao impacto na economia provocada pelo coronavírus e anuncia que fechará as portas.

O anúncio se deu por meio de uma carta endereçada aos pais de alunos matriculados na creche. No documento, a instituição afirma que após o decreto que determinou a suspensão das aulas, tentou manter as atividades escolares com a elaboração de kits pedagógicos, mas que poucos pais se interessaram em retirar o material.

A creche cita ainda a recomendação do Ministério Público e do Procon que diz que no caso da educação infantil basta a simples manifestação de uma das partes para desfazer o contrato e que, por causa da pandemia, a instituição não pode cobrar multa ou qualquer outra sanção.

Leia a carta:

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas