Conecte-se agora

Sesacre se retrata e reconhece jovem vítima da Covid-19 como paciente crônico renal

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) emitiu uma nota pública nessa segunda-feira, 18, se desculpando pelo equívoco ao informar no boletim desse domingo, 17, que o jovem vítima da Covid-19, Lucas Evangelista Ferreira, de 16 anos, não tinha fatores pré-existentes que pudessem agravar os efeitos da doença. O governo destaca que o rapaz tinha, sim, problemas renais crônicos, “sendo inclusive transplantado”, afirma.

Lucas realizava hemodiálise e, segundo o Estado, teve seu quadro clínico agravado por uma insuficiência hepática. “As primeiras informações repassadas pelo Departamento de Vigilância em Saúde, órgão da Sesacre, davam conta de que o adolescente não tinha comorbidades. Mas após uma segunda observação, verificou-se que ele tinha histórico de complicações renais”, explica a secretaria.

O Hospital Santa Juliana, onde o paciente estava internado quando faleceu, disse que o jovem teve de ser levado no dia 2 de maio para a UTI do hospital, por causa de um quadro de choque séptico, uma infecção generalizada que causa falência de órgãos e pressão arterial perigosamente baixa.

“Na ocasião, L. F. testou positivo para a infecção por coronavírus e faleceu no último domingo, 17. A Sesacre pede desculpas à família e aos amigos pela informação anterior equivocada”, conclui a nota.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas