Conecte-se agora

Desmate cresce 200% em abril deste ano no Acre

Publicado

em

O desmate avançou 200% no Acre em abril de 2020 quando comparado a igual período de 2019. No ano passado, a área desmatada correspondeu a 2 quilômetros quadrados e neste ano foram 6 km².

O Acre contribuiu com 1% do total desmatado na região amazônica em abril de 2020, a menor participação no período.

Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 18 de maio, pelo Imazon. Além de viver uma grande operação das Forças Armadas contra desmates e crimes ambientais, o Acre criou um grupo especial de monitoramento e enfrentamento às queimadas visando reduzir fatores que podem agravar os pacientes de Covid-19. O fumaceiro das queimadas é visto com problema sério para esses doentes.

Em abril de 2020, o SAD (Sistema de Alerta de Desmate) do Imazon detectou 529 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal, um aumento de 171% em relação a abril de 2019, quando o desmatamento somou 195 quilômetros quadrados.

O desmatamento detectado em abril de 2020 ocorreu no Pará (32%), Mato Grosso (26%), Rondônia (19%), Amazonas (18%), Roraima (4%) e Acre (1%). Considerando o período de janeiro a abril de 2020 o desmatamento acumulado é de 1.073 quilômetros quadrados, o que representa um aumento de 133% em relação ao mesmo período de 2019, quando o desmatamento totalizou 460 quilômetros quadrados.

As florestas degradadas na Amazônia Legal somaram 62 quilômetros quadrados em abril de 2020, o que representa uma redução de 39% em relação a abril de 2019, quando a degradação detectada foi de 102 quilômetros quadrados. Em abril de 2020 a degradação foi detectada no Mato Grosso (77%), Pará (16%) e Rondônia (7%).

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas