Conecte-se agora

Mâncio Lima inicia colheita de café e consolida produção a 60 agricultores da cidade

Publicado

em

Fotos: Raphaela Barbary

Cerca de 60 agricultores do município de Mâncio Lima iniciaram recentemente a colheita do café produzido na cidade. O item se mostra promissor na diversificação da agricultura familiar local. No município, é possível encontrar nos fundo dos quintais antigos pés de café para o consumo doméstico . Há dois anos, a prefeitura investiu na produção do item para escala comercial, diversificado a agricultura familiar local com o café Clonal Arábica e o Conilon.

Em algumas propriedades, o cultivo é consorciado com a pimenta do reino, côco e cítricos. Os técnicos da prefeitura foram em busca de conhecimento, sementes e insumos em Rondônia. Depois, a secretaria Municipal de Produção auxiliou os agricultores no transporte de mudas de Acrelândia até a cidade, bem como na Assistência Técnica, adubação e mecanização das terras.

O pioneiro no cultivo do café em Mâncio Lima, Edino Guedes, tem 1.500 pés de café. Na propriedade dele, situada no Ramal da Nena, na Estrada do Batoque, está colhendo 100 sacas de café e acredita que vai alcançar R$ 300 por saca. O agricultor destaca o fato de a cultura do café ser permanente, que possibilita várias colheitas.

“A mandioca se arranca para uma farinhada e é preciso plantar tudo de novo. O café é diferente porque eu vou ter a plantação por mais de 20 anos com os cuidados necessários. Estou muito feliz porque eu vejo um futuro melhor pra mim e minha família”, explica.

O prefeito Isaac Lima ressalta que o café faz parte da história agrícola de cidade e é rentável. “A produção do café vai melhorar muito a vida do produtor rural e aquecer a economia de nossa cidade”, destacou o gestor municipal. Mâncio Lima também já conta com um viveiro de mudas de café.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas