Conecte-se agora

Hidroxicloroquina no Acre: professora diz que quase mata irmão e outro paciente se diz curado

Publicado

em

No Hospital do Juruá e Unidades Básicas de Saúde de Cruzeiro do Sul alguns médicos estão prescrevendo hidroxicloroquina, azitromicina e tamiflu para pacientes com suspeita de Covid-19. A professora a Gleice Bezerra denuncia que a medicação é prescrita também para paciente sem nenhum sintoma de síndrome gripal, como é o caso de seu irmão, João Vianeis, de 29 anos, que na verdade, está com dengue.

Gleice conta que no último dia 12 de maio o rapaz foi atendido na UBS da 25 de Agosto com sintomas de febre alta, dores no corpo e diarreia. Sem exames, e segundo ela, sem sequer olhar para o paciente, um médico receitou tamiflu, azitromicina e hidroxicloroquina para ele. Depois de tomar os remédios, ele piorou muito e passou a apresentar um intenso cansaço.

No dia 16, João testou negativo para Covid-19 e positivo para dengue. “A irresponsabilidade de um médico com CRM quase matou meu irmão. Ele com dengue usou remédio para malária como de fosse Covid-19. Uma grande confusão”, desabafou a professora.

A secretária de Saúde de Cruzeiro do Sul, Juliana Pereira, disse que o protocolo seguido na UBS da 25 de Agosto é o do Ministério da Saúde e que na receita mostrada pela professora nas redes sociais, não consta o hidroxicloroquina. “Na ocasião o médico tratou os sintomas que o paciente apresentava na hora da consulta e é preciso ter cuidado com o que se posta nas redes para não denegrir o médico”.

Já o jornalista Erisnry Mesquita, que se trata de Covid-19 junto com a mãe, esposa e filho de 4 anos , conta que um médico do Hospital do Juruá receitou hidroxicloroquina e azitromicina para ele. Mesquita afirma que já no segundo dia do uso dos medicamentos, os efeitos desapareceram. A mãe e o filho também tomaram.

” Minha mãe, que tem 69 anos, estava há quase duas semanas acamada , não sentia cheiro ou gosto na boca, dor de cabeça e febre. Tomou a cloroquina e no dia seguinte já estava feliz da vida , quase sem sintomas. Comigo também foi a mesma coisa: melhorei no segundo dia. O remédio tem efeitos colaterais como náusea, dor de barriga e fraqueza, mas é eficaz contra a Covid-19”, diz ele.

 

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas