Conecte-se agora

Enterro de Abrahim Farhat, o Lhé, reúne apenas familiares em cemitério de Rio Branco

Publicado

em

Um enterro singelo, mas com muito respeito ao legado de Abrahim Farhat, o ativista social e político Lhé. O sepultamento feito apenas por familiares ocorreu na manhã deste domingo, 17, por volta das 8h45, no cemitério São João Batista, em Rio Branco. Em cumprimento às medidas de enfrentamento ao novo coronavírus, somente alguns familiares participaram do enterro.

Filho de sírio libaneses, familiares o homenagearam com bandeiras da palestina. Lhé morreu aos 78 anos na manhã desse sábado, 16 de maio, vítima de uma parada cardíaca após sofre complicações e ter piora em seu sistema renal. Sempre atuante na defesa dos Direitos Humanos, iniciou bem cedo a organizar movimentos sociais e sindicais.

Abrahim organizou e fundou várias cooperativas e sindicatos, como o das Lavadeiras, das Empregadas Domésticas e das Prostitutas. O Partido dos Trabalhadores no Acre (PT/AC), cujo Lhé foi um dos fundadores, afirmou ao ac24horas que perdeu um de seus esteios.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas