Conecte-se agora

Gladson Cameli: “Socorro e Marfisa é a chapa ideal”

Publicado

em

Em uma entrevista ainda há pouco por cerca de 30 minutos com o governador Gladson Cameli sobre os mais variados temas, este revelou com exclusividade ao BLOG DO CRICA que, a chapa que considera ideal para apoiar na disputa da prefeitura de Rio Branco é a formada pela prefeita Socorro Neri (PSB) tendo Marfisa Galvão (PSD) como vice. “Estou afinado com a Socorro e com o senador Sérgio Petecão (PSD), que neste caso indicaria a Marfisa de vice na chapa”, afirmou. Gladson diz que vai trabalhar para a formação de uma grande frente política com partidos que foram aliados na campanha, como o Solidariedade, o DEM, PSD e, com siglas novas que aderiram á base do governo, como o PROS e outros. “O certo é que vamos entrar para ganhar”, enfatiza. Perguntado sobre como ficaria o PROGRESSISTAS, seu partido, disse que, “não pode reclamar de nada, e viria conosco,” garantiu ao BLOG. Na sua previsão, as eleições municipais deverão ser transferidas para novembro, quando a pandemia já deverá ter baixado. Gladson ressaltou que o seu foco principal no momento é o combate ao Covid-19.

NÃO É PRECISO CONHECER DE POLÍTICA
Não é preciso conhecer política para se chegar à conclusão que a chapa Socorro Neri-Marfisa Galvão, ancorada na força da prefeitura e na força do governo é favorita ao segundo turno. Além de que viria apoiada por centenas de candidatos a vereadores da aliança a ser formada.

MÊS DO PERIGO
Sobre a pandemia, o governador Gladson disse ao BLOG que o mês corrente é do perigo e que, os casos registrados não estão maiores porque faltou reagente para os exames, que deve estar chegando neste fim de semana. Acredita que em pouco tempo se chegará aos 2 mil casos.

IMPACTADO COM A PANDEMIA
A pandemia lhe tem impactado. Disse que já perdeu 10 quilos. Revelou que o seu emocional ficou tocado quando fez uma visita semana passada à Manaus para visitar seu pai, e quando passou por frente do cemitério o movimento era como no Dia de Finados. Isso me marcou, as pessoas têm de entender que o vírus não é brincadeira e deveriam manter o isolamento, ressaltou.

FAÇO A MINHA PARTE
Gladson assinalou que faz a sua parte, fez apelos pelo isolamente, e a população parece não ter avaliado o perigo que corre agindo como se tudo estivesse normal. Mandou contratar leitos extras e respiradores de hospitais particulares, mas não pensa em Lockdown.

NÃO PODE ESPERAR EXPLODIR
Reconhece Gladson que o sistema de saúde caminha para entrar em colpaso caso não haja uma adesão em massa ao isolamento social. “Só não quero depois ver os que são contra reclamando do aumento do número de casos e de mortes, porque não estou sendo omisso”, pontuou. Falou que determinou ao secretário Alysson Bestene que busque todos os meios de garantir uma retaguarda de leitos agora, para não ser surpreendido com a explosão da bolha.

AÇÃO DE IMPACTO
O médico Carlos Beirute sugeriu ontem ao governador Gladson uma ação que teria um grande impacto e não custaria caro. Seria comprar 1 milhão de máscaras e distribuir à população e conseguir 1 milhão de testes rápidos, para saber quem está e não está com, o vírus. Estas duas ações marcariam o seu trabaho no combate à pandemia, mais que qualquer outra coisa, sugeriu.

POLICIAIS CIVIS
Na  agenda do Gladson também está a contratação na próxima segunda-feira dos primeiros 40 da lista dos aprovados no concurso da Polícia Civil, entre delegados, agentes e escrivães, e os demais serão sendo chamados em grupos nos meses subsequentes. A meta é contratar todos.

PACOTE DE OBRAS
Para ajudar na economia, o governador Gladson Cameli destacou o convênio que fez com a prefeita Socorro Neri para realizar uma série de obras na cidade para aquecer a oferta de empregos e gerar renda. Serão recursos do governo repassados para a prefeitura gerir.

DECRETO PRORROGADO
A tendência natural, destacou o governador, é prorrogar o seu decreto que veta o funcionamento das atividades consideradas não essenciais. Falou que não afrouxará as medidas de isolamento social, enquanto forem altos os casos de contaminação pelo Covid-19.

O GAÚCHO JOGOU ERRADO
O deputado Roberto Duarte (MDB) jogou errado ao enveredar pelo ataque cerrado ao governo do Gladson, fazendo o jogo dos seus conselheiros e dos partidos de esquerda na ALEAC, pensando que com isso forçaria o governador fazer um acordo para lhe apoiar. Não aconteceu.

NEM MEL E NEM CABAÇA
O cenário que se vislumbra para o deputado Roberto Duarte (MDB) não é de céu de brigadeiro na disputa da prefeitura de Rio Branco. A esquerda deverá acompanhar o candidato a ser lançado pelo PT a prefeito da capital, e não terá o apoio de nenhum partido ligado ao Gladson.

UM CESÁRIO COERENTE
O artigo do presidente do PT, Cesário Braga, sobre o governo foi coerente no aspecto da liberdade de expressão e de não descambar para a porralouquice. Fez as críticas que achou que deveriam ser feitas, mas reconheceu e elogiou o Gladson no combate à pandemia.

QUE COISA LOUCA
Que coisa louca, está ficando o governo do presidente Bolsonaro! Trocar dois ministros da Saúde em pleno pico de uma pandemia é como consertar um pneu de um carro em movimento. Briga com governador, briga com prefeito, enfim, briga com todo mundo.

AJUDAS A SEREM DESTACADAS
Deputados federais Alan Rick (DEM), Jesus Sérgio (PDT), Jéssica Sales (MDB) estão entre os que têm ajudado o governo na liberação de recursos para o combate á pandemia do Covid-19.

BAQUE NA GESTÃO
O prefeito Ilderlei Cordeiro perdeu qualidade na gestão depois do afastamento da Idelcleide Cordeiro da parte administrativa da prefeitura de Cruzeiro do Sul. Perdeu uma cabeça lúcida.

AS DÚVIDAS QUE MARTELAM
Conversei ontem com setores do governo sobre a eleição de Cruzeiro do Sul. Não trabalham com a hipótese de apoio à reeleição do prefeito Ilderlei Cordeiro, por dois pontos: não sabem como ficará a sua situação jurídica e a sua alta rejeição nas pesquisas, mesmo trabalhando.

BATEU DURO
O ministro da economia, Paulo Guedes, bateu duro ontem em entrevistas nas televisões nos deputados que vetaram a proibição de reajuste salarial e vantagens dos servidores por dois anos. Para Guedes, na pandemia, todos têm que dar a sua parcela de colaboração, inclusive os funcionários e recomendou ao presidente Bolsonaro que vete a medida. Virou cabo-de-guerra.

RECEITA DESPENCANDO
O secretário de Finanças da prefeitura de Brasiléia, Tadeu Hassem, calcula que a perda de recursos no município está na casa do meio milhão de reais e que, o sinal vermelho está aceso, porque os próximos meses são naturalmente de repasses do FPM mais baixos.

PIOR ESTÁ POR VIR
Os infectologistas que acompanham mais de perto esta pandemia calculam que o pior está ainda por vir e que, a tendência é de pulo no aumento do número de casos neste mês.

LEMBRAR AOS ORGANIZADORES
É bom lembrar aos organizadores da carreta de segunda-feira contra o rodízio de carros de que, fiquem atentos para a numeração das placas, porque a multa a quem não cumprir é de 130 reais.

TODOS CALADOS
Os que acham e protestam contra o isolamento social sob alegação que vai causar desemprego, falam como se o país fosse o país dos empregos. São cerca de 13 milhões hoje de desempregados no país, e nunca se viu nenhum protesto das entidades patronais.

A PALESTINA ESTÁ DE LUTO
Que notícia triste: a morte do Abrahim Farhat, o Lhé. A sua figura não se confundia só com o PT, onde havia uma injustiça lá estava o Lhé protestando. Foi um contestador pacifista. Foi um lutador solitário pela criação do Estado da Palestina. Que Deus o receba bom Lhé. A Palestina está de luto. Foi antes de tudo uma figura generosa e assim será lembrado na política do Acre.

FRASE MARCANTE
“É melhor ser dono de uma moeda do que escravo de duas”. Ditado grego.

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas