Conecte-se agora

Todos pela Saúde doa mais de 150 mil itens de proteção individual à saúde do Acre

Publicado

em

O sistema público de saúde do Acre deve receber nos próximos dias mais de 150 mil itens de proteção individual para suprir parte das necessidades dos profissionais que atuam no SUS. Além de máscaras N95 e cirúrgicas, iniciativa enviou luvas, óculos de proteção e álcool em gel.

O suporte vem de doação do Todos pela Saúde (www.todospelasaude.org), iniciativa lançada no último dia 13 de abril pelo Itaú Unibanco para combater o coronavírus e seus efeitos sobre a sociedade brasileira.

Entre os itens que serão enviados à secretária de saúde do Estado com o objetivo de proteger os profissionais da área médica que atuam na rede pública, estão:

· 115 litros de álcool em gel

· 1,8 mil máscaras N95

· 53,8 mil máscaras tradicionais

· 62,2 mil pares de luva

· 40,4 aventais

· 720 óculos

A necessidade de equipamentos de proteção individual (EPIs) foi apontada como uma das mais urgentes pelos 27 secretários de saúde que participaram da reunião promovida pelo Todos pela Saúde no último dia 19 de abril.

O Todos pela Saúde teve um aporte inicial de R$ 1 bilhão, realizado pelo Itaú Unibanco. Com recursos administrados por um grupo de especialistas da área da saúde e ações estratégicas baseadas em premissas técnicas e científicas, a iniciativa se guia por quatro pilares de atuação: informar, proteger, cuidar e retomar.

As principais realizações do projeto neste primeiro mês de atuação:

· Criação de Gabinetes de Crise em todos os Estados brasileiros e no DF.

· Compra de 90 milhões de equipamentos de proteção individual (EPIs) para profissionais de saúde que atuam no SUS.

· Compra de 20 ventiladores.

· Lançamento da campanha de conscientização Máscara Salva.

· Encomenda de 20 milhões de máscaras de pano e distribuição de 5 milhões para a população em geral.

O Todos pela Saúde é liderado por Paulo Chapchap, diretor-geral do Hospital Sírio Libanês, e conta também com a participação de Drauzio Varella, médico, cientista e escritor; Gonzalo Vecina Neto, ex-presidente da Anvisa; Maurício Ceschin, ex-diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde; Eugênio Vilaça Mendes, consultor do Conselho dos Secretários de Saúde; Sidney Klajner, presidente do Hospital Albert Einstein; e Pedro Barbosa, presidente do Instituto de Biologia Molecular do Paraná, instituição ligada à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas