Conecte-se agora

Governo e prefeitura renovam parceria e lançam editais de obras para período pós-pandemia

Publicado

em

FOTO: MARCOS VICENTTI

O governo Gladson Cameli, nem a prefeitura de Rio Branco estavam preparados para a pandemia que chegaria para estacionar a economia e a construção civil local. Com isso, tiveram de reorganizar tudo que já estava preparado para ocorrer no ano de 2020 com relação às obras. Nesta quinta-feira, 14, Cameli e Neri renovaram a parceria por meio de convênio firmado e lançaram a operação Força Máxima, que dá ordem para serviços de manutenção, conservação e recuperação do pavimento asfáltico nas rodovias estaduais AC-10 (Porto Acre), AC-40 (Senador Guiomard/Plácido de Castro) e AC-90 (Transacreana).

Com investimento de R$ 3,9 milhões, as obras serão executadas pelo Departamento Estadual de Estradas e Rodagens (Deracre) e a Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb). O governo deverá realizar obras de infraestrutura que gerem, de imediato, a geração de novos postos de serviço e compras em empresas locais.

Segundo o governo, as operações iniciam ainda esta semana, com previsão de 12 meses no tempo de execução. “Eu e Socorro não trabalhávamos com a possibilidade de ter uma pandemia esse ano. Tivemos que replanejar tudo, refazer tudo. Assumi antes de uma pandemia ter chegado. Repasses caindo, uma incerteza imensa no mundo. As maiores nações estão todas preocupadas, e nós estamos aqui, tentando vencer essa situação”, disse o governador durante pronunciamento na manhã de hoje.

Dentre as obras que serão licitadas e executadas em Rio Branco estão a ampliação das dependências da Policlínica da Polícia Militar, construção da primeira etapa do Centro Comunitário na Cidade do Povo, construção de quadra no Núcleo Estadual de Tecnologia Assistiva (Neta), reforma do Teatro Plácido de Castro, urbanização na região do bairro Conquista e também a recuperação de rodovias.

Para a prefeita Socorro Neri, a união com o governo reduz os impactos econômicos causados pela pandemia. “Um pacote de obras importantes como esse que estamos lançando beneficia diretamente a economia na capital, gerando postos de trabalho e movimentando outros setores importantes. União e parceria são fundamentais, em momentos como esse. Nossa prioridade é salvar vidas e mitigar os prejuízos causados pela pandemia”.

Esta é a primeira etapa da retomada de obras firmadas pelo convênio entre governo e prefeitura de Rio Branco. “É o reinício. Essa operação é nosso compromisso de tentar e melhorar a vida das pessoas. Estamos nos antecipando para não perder um dia se quer de trabalho”, explicou Cameli.

FOTO: MARCOS VICENTTI

Obras pós-pandemia

Na oportunidade, o governador ainda anunciou o lançamento de editais de licitações para um pacote de obras públicas que deverão ser executadas após a epidemia do coronavírus no estado. Serão investidos mais de R$ 200 milhões em obras de infraestrutura urbana, viária e de saúde ao longo dos próximos meses.

A prefeitura de Rio Branco também apoia essa ação na capital acreana. Desnte as obras neste pacote, está a construção do Hospital de Campanha e a reforma do Memorial José Augusto e Teatro José Alencar, em Cruzeiro do Sul e serviços de implantação e melhoria no sistema público de esgotamento sanitário em Tarauacá.

Também entra a obra do contorno rodoviário e construção de ponte em Brasileia. Em Acrelândia será feita a reforma e ampliação do Hospital Geral. Em Sena Madureira será construída uma quadra esportiva no Quartel da Polícia Militar.

Já em Xapuri, Manoel Urbano e Rodrigues Alves serão contratadas empresas para serviços especializados em manutenção de ramais e construção de bueiros e pontes visando apoiar a produção florestal e agroflorestal comunitária.

Durante a solenidade, o governador fez questão de afirmar que nenhuma das empresas das quais é sócio ou de sua família estarão nas obras do estado. “Empresas que sou sócio e pertencem a meu pai nenhuma tem contrato com o estado do Acre. Minhas empresas não participam das obras do estado. As pessoas não podem querer confundir outras com isso”, declarou o governador.

BASTIDOR – Gladson também fez questão de citar o seu vice-governador por três vezes durante a solenidade, numa clara demonstração de reaproximação com Rocha depois de mais de 45 dias de afastamento devido a divergências políticas. Hoje foi a segunda vez, em dois dias que os dois participaram de solenidades públicas.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas