Conecte-se agora

Servidores denunciam assédio moral e péssimas condições de trabalho no Depasa de Xapuri

Publicado

em

O operador de uma das estações de tratamento de água do Departamento de Água e Saneamento (Depasa) em Xapuri, Mirclei Neves Soares, de 32 anos, entrou em contato com a redação do ac24horas para fazer uma grave denúncia contra a gerência da autarquia no município. No cargo desde janeiro deste ano, tendo ingressado por meio de um processo seletivo simplificado, o servidor, que diz representar outros cinco colegas, relata que ele e os demais operadores estão sendo expostos a condições insalubres de trabalho.

Segundo os trabalhadores, estão sem receber o adicional por essa condição, que é previsto em lei, além de receberem do gerente do escritório do Depasa em Xapuri, Marcos Mansour, um tratamento que ele classifica como assédio moral. Mirclei diz que o gestor não os trata com respeito, faz ameaças e exige deles o cumprimento de tarefas impossíveis de serem realizadas.

Como exemplo do tratamento recebido, o trabalhador cita que Mansour, como é chamado o gerente, não respeita as folgas dos funcionários e os telefona a qualquer momento para fazer serviços sob a justificativa de que “o horário de trabalho dos servidores é quando o Depasa precisar”. De acordo com ele, Marcos Mansour também exige que os funcionários façam serviços que não são da alçada da autarquia, como é o caso de ligações internas, que são de responsabilidade do consumidor.

Mirclei denuncia também que, como a principal estação de Xapuri, onde ele trabalha, não está com plena capacidade de funcionamento, o gerente exige que artimanhas sejam feitas para que a água seja bombeada para a população sem o devido tratamento. Ele diz que existe uma “gambiarra” na estação que permite que o fluxo de água seja desviado, chegando aos consumidores sem passar pelos filtros.

A respeito das condições de trabalho, elas são relatadas por um dos operadores como desumanas. Ele diz que desde janeiro os plantonistas trabalham sem EPI’s e que equipamentos de uso individual são usados de maneira coletiva. “O alojamento estava cheio de goteiras, tendo os funcionários tirado dinheiro do próprio bolso para fazer melhorias no telhado da sala onde ficam as caixas d’água que estavam sendo atingidas pela queda de fezes de ratos e morcegos”, diz.

Em meio ao material que o trabalhador enviou ao ac24horas, consta um áudio, que seria do gerente Marcos Mansour, no qual ele chama a atenção para o desaparecimento de um balde (embalagem de cloro), exigindo que os funcionários deem conta do mesmo, pois ele precisa vender o vasilhame para arrecadar dinheiro para fazer reparos na estação de tratamento.

Por fim, o servidor relata que a eles não é permitido pela gerência deixar a estação durante o plantão de 24 horas para almoçar ou ir buscar marmitas, sendo que o local de trabalho não oferece condições para que eles preparem ali sua alimentação. Ele diz que todas essas informações já foram comunicadas tanto à direção estadual do Depasa quanto ao Sindicato dos Urbanitários, sem que tenham tido resposta até o momento.

O ac24horas entrou em contato com o gerente do Depasa em Xapuri, Marcos Mansour, que negou todas as denúncias. “O que eu tenho para falar é que tenho quase morado dentro desse Depasa. A minha dedicação é total, afinal quem paga o meu salário é a população. Eu deveria ficar no escritório, mas não faço isso. Eu fico na rua visitando as estações, tirando vazamento, tento fazer ligação de água e trocando boia que não é atribuição nossa. Essas denúncias dos servidores não procedem”, disse Mansour.

Anúncios

Cotidiano

Homem invade residência e dispara oito tiros contra morador do Santa Cecília

Publicado

em

Um homem de 35 anos ficou em estado grave de saúde após ser atingido com oito disparos de arma de fogo. O caso aconteceu no início da noite desta sexta-feira, 14, em uma residência localizada na Vila Santa Cecília, situada na BR-364, em Rio Branco. Fábio de Lima Nobre, de 35 anos estava na sua casa quando homens não identificados, que segundo a polícia seriam membros de facção criminosa, chegaram numa motocicleta e efetuaram os tiros.

Fábio foi atingido com oito tiros na região das pernas, glúteo, ombro e costas. Após a ação, os criminosos fugiram do local. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, prestou os primeiros atendimentos e conduziu a vítima ao pronto-socorro de Rio Branco em estado de saúde gravíssimo.

A Polícia Militar foi acionada, colheu as características dos autores do crime, em seguida fizeram patrulhamento na região em busca de prendê-los, mas ninguém foi encontrado. O caso será investigado pelos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continuar lendo

Cotidiano

Fecomércio do Acre doa mais 500 sacolões para famílias pobres da Bolívia

Publicado

em

Durante a pandemia de coronavírus, 14 mil cestas básicas foram doadas a famílias carentes pela Federação do Comércio do Acre.

E na última quinta-feira, 14 de agosto, mais 500 cestas foram entregues à população de Cobija, cidade fronteiriça com o Acre pelo município de Brasiléia.

Por estar distantes aproximadamente 1.000 quilômetros de outro grande centro comercial boliviano a obtenção de recursos básicos pela população de Cobija se dá por Brasília ou pela capital do Acre.

Com o fechamento do comércio local, da fronteira com o Brasil e o agravamento da pandemia, presidente do Sindicato dos Comerciantes de Brasiléia (Sincobras), José Luiz Revollo Júnior, solicitou ajuda a Fecomércio. “Acionamos a Federação do Comércio e prontamente eles se sensibilizaram com a situação de Cobija e acionaram o Mesa Brasil do Sesc, e hoje estamos com um total de mil cestas básicas distribuídas”.

A vice-governadora de Pando, Paola Terrazas, disse o sentimento é de gratidão pelas doações recebidas. “Queremos agradecer ao Mesa Brasil e à Federação do Comércio pelo trabalho solidário. Estamos muitos gratos por ser um dos beneficiários deste programa. Isso é amor ao próximo”.

Continuar lendo

Cotidiano

Saúde do Acre recebe doação de 150 bombas de infusão da empresa JBS

Publicado

em

A empresa JBS doou para a secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) nesta sexa-feira, 14, cerca de 150 bombas de infusão – usadas para controlar a dose e a velocidade com que o remédio é administrado ao paciente -. A entrega do material ocorreu no complexo logístico da Sesacre. As bombas distribuídas entre as unidades de saúde conforme a necessidade.

O governo enxerga as doações de empresas privadas de fundamental importância, uma vez que auxiliam as destinações federais para o combate à pandemia do novo coronavírus.

“Desde o início da pandemia o governador tem feito um trabalho incansável para garantir assistência à população, prova disso são os investimentos feitos na Saúde e, também, as parcerias com as entidades que possibilitaram o recebimento de muitas doações”, disse o secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene, à Agência de Notícias do Acre.

Continuar lendo

Cotidiano

Com prêmio acumulado, Mega-Sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado (15)

Publicado

em

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.289 da Mega-Sena, realizado na desta quinta-feira (13) em São Paulo.

As dezenas sorteadas são: 06 – 09 – 34 – 37 – 38 – 45.

No próximo sorteio, previsto para este sábado (15) o valor acumulado é de R$27 milhões no prêmio principal.

A quina teve 33 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 53.948,07. A quadra teve 2.808 apostas vencedoras.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas