Conecte-se agora

Adeptos da Umbanda em Rio Branco celebram o Dia dos Pretos Velhos em casa

Publicado

em

Em tempos normais, esse dia 13 de maio seria de festa e muita aglomeração nos terreiros de Umbanda por conta da comemoração do Dia dos Pretos Velhos. Com o advento da pandemia do novo coronavírus, cerca de 45 pessoas adeptas da religião em Rio Branco preferiram celebrar a data em casa, cada um em sua residência, em respeito à quarentena imposta pelo decreto governamental.

A Mãe de Santo na Tenda de Umbanda Luz da Vida, localizada na capital acreana, disse ao ac24horas que “infelizmente nós vamos trabalhar com as celebrações em casa, devido à pandemia”, afirmou Francisca Maia, que inclusive é uma das contaminadas pela Covid-19 no estado.

Há cerca de 20 anos na Umbanda, esta é uma das raras vezes que a Mãe de Santo da Tenda não vai receber seus “filhos” para comemorar a data. “Para não colocar em risco os filhos da casa, todos farão seu momento de conexão e oferendas em casa”, explica Maia.

Ao todo, a Tenda tem em torno de 30 pessoas que participam da corrente, fora os simpatizantes que sempre participam das festividades e reuniões no Dia dos Pretos Velhos. Apesar de a Tenda ficar vazia neste dia e enquanto dura a pandemia, há cumprimento de ritos espirituais individualmente. “Cerca de 45 pessoas vão celebrar em casa. Estarão fazendo este ato de oferecer aos pretos velhos a sua oferenda, e conectar com esta energia que nos acalma e nos aconselham”, diz a Mãe de Santo.

A religião de matriz africana tem buscado seguir as regras da Organização Mundial de Saúde (OMS) pelo combate ao vírus no estado. O contato, por enquanto, tem sido por meio de telefonemas ou grupo de WhatsApp.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas