Conecte-se agora

Gerente do Ibiza e Copacabana denuncia que Hotel Guapindaia oferece serviço de motel

Publicado

em

O gerente dos Motéis Copacabana e Ibiza, Thomaz Carlos afirmou que por causa da pandemia da Covid-19 e o decreto do governo do estado, foi obrigado a fechar as portas dos estabelecimentos. Ele conta que o fechamento dos motéis foi injusto, já que os estabelecimentos, mesmo antes da pandemia, já usavam os produtos de higiene e equipamentos de proteção individual.

“Eu não consigo entender esse decreto. Casa agropecuária tá aberta, concessionária aberta, oficina. As únicas coisas que estão fechadas em Rio Branco são escola, academia e os motéis. Agora fecharam cerca de 25 motéis que geram emprego sem nem ao menos saber como funciona um motel. O único contato que temos com o cliente em um motel é pelo telefone. Todos esses processos de higiene que estão usando agora, nós já usamos há muito tempo. Usamos toca, luva, óculos, bota, já usamos antibactericida nos quartos”, diz.

A revolta de Thomaz se tornou ainda maior com a divulgação por parte de uma rede de hotéis em Rio Branco oferecendo o mesmo tipo de serviço disponibilizado pelos motéis. Chamado de Day Use, a rede de hotéis divulgou nas redes sociais que se trata de um serviço “para aqueles casais que desejam curtir sua intimidade em horários convencionais e sair definitivamente da rotina monótona que estamos passando. Pois tudo na vida pode parar, menos o AMOR, o CARINHO, o AFETO”, diz a publicidade.

“Aí vem um hotel, usando do artifício de um decreto mal feito, e vai começar a ganhar dinheiro. Enquanto isso, a gente está amargando prejuízo pagando energia, pagando aluguel, água, funcionário para não mandar embora. Isso é injusto e revoltante com a nossa classe”, afirma Thomaz.

A reportagem entrou em contato com o Hotel Guapindaia. Segundo a direção, o serviço existe em toda a rede de hotelaria no mundo, o chamado Day Use, que é quando o quarto é usado apenas por um período e por isso custa mais barato que o valor de uma diária. Afirmam ainda que não são responsáveis pelo decreto que fecha os motéis e que estão apenas atendendo uma demanda que já existia e que cresceu com a impossibilidade dos casais usarem os motéis.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas