Conecte-se agora

Associações de militares divulgam nota de repúdio por PL da titulação sair de pauta na Assembleia

Publicado

em

Acabou o amor. Se alguns dias atrás, diversas associações de militares haviam enchido o governador Gladson Cameli de elogios por conta da mudança no cálculo do pagamento da titulação, tudo mudou após o Palácio Rio Branco e Assembleia Legislativa indicarem que vão tirar o PL de pauta por medo de responderem por crime de improbidade administrativa.

O alerta foi feito por meio de uma recomendação do Ministério Público do Acre, assinada pela promotora Myrna Mendonza.

O PL mudava o cálculo do adicional de titulação de militares estaduais, que passaria a ter como referência o vencimento básico dos respectivos postos e graduações.

A notícia não agradou em nada os militares que se manifestaram em uma nota de repúdio. Reafirmam que a titulação é uma promessa de campanha de Gladson e lembram que a PGE do atual governo por mais de um ano travou o pagamento da nova titulação administrativamente, contrariando parecer positivo das assessorias jurídicas dos Comandos PM/BM do início de 2019.

Leia a nota dos militares:

NOTA DE REPÚDIO

As Associações Representativas dos Militares do Acre, abaixo identificadas, externam toda a indignação quanto ao não cumprimento da promessa de pagamento da titulação sobre o soldão, promessa que antecede até mesmo a campanha eleitoral de 2018, e ratificada publicamente pelo próprio Governador na Assembleia Geral realizada no Auditório da Secretária de Educação. Posteriormente, em Formatura Geral no Quartel do Comando do CBMAC em 18 de dezembro de 2019, a promessa foi renovada pelo Governador com data para o contracheque de maio de 2020.

Desde então, em ação responsável os representantes classistas se mantiveram firmes em todas as reuniões adotando todas as medidas que o caso requeria de forma lúcida, técnica, apartidária, como deve ser a representação de Classe.

Chamamos à tropa à reflexão: vamos questionar tudo e todos, com transparência e responsabilidade, inclusive autoridades públicas civis e militares com altos cargos na gestão. Tenhamos isonomia, sinceridade e coragem quanto às cobranças a todos com poder legal para o cumprimento da promessa. As associações são as lideranças formais eleitas democrática e horizontalmente, e obviamente somos mais acessíveis a informações, críticas e sugestões. Mas precisamos dos associados nesta luta, com propósito único e ações concatenadas. Momento de união!

A situação é complexa, e o dilema só não é maior que nossa força de vontade e disposição de lutar. Vamos externar nossa indignação com a retirada pelo Governador do PLC da pauta de votação. Vamos lembrar que a PGE do atual governo por mais de um ano travou o pagamento da nova titulação administrativamente, contrariando parecer positivo das assessorias jurídicas dos Comandos PM/BM do início de 2019.

A batalha não terminou, nunca foi fácil. Sempre foi com suor e sangue!!

Rio Branco – AC, 12 de maio de 2020.

Kalyl Moraes de Aquino
Presidente – AME/AC

Diego Costa da Silva
Presidente APRABMAC

Igor Oliveira Santos
Presidente APRAPMAC

Francisco Germano de Assis – ST PM RR
Presidente do Clube de ST e SGT

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas