Conecte-se agora

Região do Alto Acre apresenta alto risco para queimadas neste começo de verão

Publicado

em

Ao utilizar os dados de “todos satélites” A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) identificou que no período de 1º a 10 de maio deste ano houve registro de 31 focos de queimadas no Acre.

Esses pontos de fogo estão nos municípios de Brasileia (8 focos), Epitaciolândia (5), Rio Branco com (4), Plácido de Castro (2), Sena Madureira, Feijó, Cruzeiro do Sul, Bujari, M. Thaumaturgo, Manoel Urbano, Rodrigues Alves, Porto Acre, Xapuri, Senador Guiomard, Mâncio Lima, e Tarauacá, todos com 1 foco de queimada.

Até agora, a Reserva Extrativista Chico Mendes é a única com foco de incêndio registrado em unidade de conservação no Acre.

A região do Alto Acre, especialmente o entorno de Rio Branco, apresenta níveis crítico, alto e médio -ao mesmo tempo -de risco para incêndio. As Forças Armadas começaram nesta segunda, 11/5, as operações de combate ao desmate e queimadas no Estado.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas