Conecte-se agora

Ministério Público quer efetividade dos serviços de telefonia e internet em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Por meio de dois Inquéritos civis, um de 2014, e um atual, o Ministério Público do Acre investiga os problemas que afetam a qualidade dos serviço de telefonia e internet em Cruzeiro do Sul e as outras cidades do Vale do Juruá.

O promotor Iverson Bueno, quer saber o motivo de problemas ocorridos nos últimos dias, quando Cruzeiro ficou mais de oito horas sem internet e telefonia móvel. “Precisamos saber se a interrupção é por causa de rompimento da fibra ótica ou por defeitos em placa de transmissão”.

Como é grande a demora no restabelecimento do serviço após as interrupções e como a manutenção da fibra ótica que vai de Rio Branco até Cruzeiro do Sul, é de responsabilidade de três diferentes equipes, o promotor quer ter uniformidade e precisão nas informações. “Nos foi passado a informação que esta última queda foi em razão de problema na placas de transmissão em Tarauacá e estamos questionando se a operadora tem peças sobressalentes para reposição”, disse Iverson Bueno.

Além do novo procedimento, o Ministério Público também pediu a antecipação de um processo judicial que tramita desde 2014 sobre os serviços de comunicação. “O Ministério Público já ajuizou em 2014 uma Ação Civil Pública cobrando de todas as operadoras uma qualidade melhor do serviço da região e que em eventualmente queda, o sinal seja restabelecido em até uma hora. Estou pedindo o julgamento antecipado desse processo judicial”, concluiu.

A fibra ótica que vai de Rio Branco até o Vale do Juruá é da OI, que vende o sinal para as demais operadoras como a Vivo, Claro e Tim.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas