Conecte-se agora

Governo quer contratar médicos formados no exterior sem CRM

Publicado

em

Um dos problemas enfrentados pela gestão estadual é em relação ao número de profissionais de saúde para conseguir atender os casos de Covid-19 que crescem diariamente de forma assustadora no Acre.

Tanto que profissionais da UPA do 2º Distrito realizam um protesto nesta tarde para reivindicar a contratação ou remanejamento de mais profissionais.
Ocorre que não é segredo que já há um deficit quando a situação pode ser chamada de dentro da normalidade.

O próprio governador Gladson Cameli confirmou a dificuldade do estado em contratar novos médicos. Durante entrevista à TV Acre, Gladson afirmou que pensa em contratar médicos sem CRM. “Eu preciso falar a verdade. O grande desafio é o número de médicos. Tem muito médico que não quer ter contato com paciente com coronavírus e eu não vou ficar adulando médico para que ele faça o seu trabalho. O CRM tem nos ajudado, mas se não tivermos profissionais atendendo ao nosso chamado eu vou contratar médicos sem CRM formados fora do Brasil”, disse.

Gladson afirma ainda que já fez uma consulta à PGE. “Já falei com a PGE e pedi que faça um estudo de como é possível que isso aconteça”.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas