Conecte-se agora

Ney Amorim confirma conversa com Gladson sobre a prefeitura

Publicado

em

Na sua primeira declaração depois de longa temporada em mutismo, o ex-deputado Ney Amorim (PROGRESSISTAS) confirmou ontem com exclusividade ao BLOG DO CRICA a notícia que em primeira mão demos neste espaço, da simpatia do governador Gladson Cameli pela sua candidatura a prefeito de Rio Branco. Ney revelou que de fato teve uma conversa longa e foi sondado pelo governador para ser o candidato do PROGRESSISTAS à PMRB, mas que não houve um seguimento pelo foco natural que tem de ser dado no combate á pandemia do Covid-19 neste momento. “Eu disse que topo”, falou. E enfatizou que, “foi uma boa conversa e, me coloquei ao dispor do Gladson para como opção para uma candidatura”, disse. Mas ressaltou Ney Amorim, que como se trata de uma candidatura majoritária, ela deve ser antecedida de várias discussões de planejamento. Dentro do PROGRESSISTAS ainda existem dois postulantes à indicação para disputar a prefeitura da capital, o deputado José Bestene e o ex-prefeito de Acrelândia, Tião Bocalom. A palavra final deve ficar mesmo para o governador, porque ele tem a caneta que nomeia ou demite. E é a maior liderança no PROGRESSISTAS.

CAIU NA REDE É PEIXE

A deputada Maria Antonia (PROS) é a nova conquista da base do governo na Assembléia Legislativa. A conversa foi feita pelo governador Gladson com o presidente do PROS, Francisco Deda. E saiu o primeiro mimo pela aliança: o petista ferrenho, de carregar bandeiras do PT nas campanhas, Paulo Mororó, do grupo do Deda, foi nomeado Coordenador do Núcleo da Educação do governo no município de Rodrigues Alves. A malhadeira do Cameli está esticada.

UM DETALHE

Quem ocupava o Núcleo da Educação em Rodrigues Alves era a Mônica, uma indicação do deputado Luiz Gonzaga (PSDB). Perdeu para o Paulo Mororó, vai ganhar de quem, Gonzaga? Aos poucos os tucanos vão perdendo mais tufos da sua plumagem nos cargos no governo.

CAMINHOS OPOSTOS

As relações entre o governador Gladson e seu vice Rocha são a cada dia que passa restritas ao institucional. Gladson e o presidente da FIEAC, José Adriano, estão em confronto direto. Já o Rocha é aliado do dirigente da FIEAC, o comboiando em recente visita ao Distrito Industrial.

AMPLO FAVORITO

Podem anotar e conferir: César Queirós, o candidato do prefeito de Porto Walter, Zezinho Barbary, á sua sucessão, deve não apenas ser eleito, mas estará entre os novos prefeitos eleitos mais bem votados. Barbary vai fechando a sua gestão como o prefeito melhor avaliado.

DEDICAÇÃO Á CAMPANHA

Procurador Jurídico concursado da prefeitura de Cruzeiro do Sul, Jonathan Donadoni, pediu demissão e deixará a administração do prefeito Ilderlei Cordeiro. Vai se dedicar à coordenação da campanha de Fagner Sales (MDB) a prefeito do município. Donadoni é dirigente do MDB.

MAIS TRANQUILO

O Gladson Cameli, que já tinha uma base de sustentação com o número ideal para aprovar os projetos enviados pelo Executivo, com a entrada da deputada Maria Antônia (PROS), fica com uma maioria ainda mais folgada. Não me causou surpresa, cedo ou tarde o Deda ia aderir.

NÃO TERÁ FACILIDADE

Não sei o que o senador Sérgio Petecão (PSD) viu no ex-deputado federal Henrique Afonso (PSD) para achar que é o nome certo para ganhar a eleição para prefeito de Cruzeiro do Sul. É um político dotado de retidão moral, mas o seu nicho no Juruá murcha a cada eleição.

MENOS POR ESTE CAMINHO

Os seus adversários podem lhe contestar por outras razões, mas é um jogo errado se imaginar  que podem atingir a prefeita Socorro Neri, pela prática de ato ilegal. Se há algo que a prefeita manteve incólume na sua gestão foi a transparência e a moralidade no trato com os recursos públicos. Se há um calcanhar de Aquiles que não tem, este é o da bandalheira.

ALERTA VERMELHO

O deputado Roberto Duarte (MDB) fez ontem pelo BLOG um alerta vermelho ao governo, o de não ter comprado um respirador, sendo que o INTO está sendo montado com todos os equipamentos e profissionais que já operavam o sistema no Pronto Socorro de Rio Branco.

CANAL ABERTO

O canal está aberto para o secretário de Saúde, Alysson Bestene, confirmar ou refutar a denúncia. Se confirmado vai ter que buscar ampliar urgente o sistema com o crescimento de casos do novo coronavírus. Se a pandemia continuar a crescer pode saturar o atendimento.

NÃO TEM ESTRUTURA

Não adianta seguir os protocolos do isolamento social se ao mesmo tempo não for criado um suporte de retaguarda pelo governo, com mais leitos e respiradores, pois, a curva é crescente.

PROPOSTA NA MESA

A SESACRE tem que se preparar para o futuro. Até aqui deu certo, o sistema de saúde vem suportando, mas começa a mostrar que está se saturando. Está na mesa do Gladson uma oferta da PRONTOCLÍNICA, de aluguel de leitos e de respiradores, deveria contratar urgente.

CHUTE NA BUROCRACIA

Quando se trata de preservar vidas a burocracia deve ser chutada, secretário Alysson! Já está faltando UTI, não se trata de nenhum alarde, e a pandemia não chegou ao seu pique. 

COISAS QUE NÃO SE ENTENDE

Os médicos cubanos não têm em sua maioria o CRM, mas foram contratados para trabalhar em caráter emergencial pelo programa “Mais Médicos”, enquanto durar a pandemia. Mas os médicos brasileiros formados no exterior sem CRM, tiveram as suas contratações vetadas.

BARREIRA DOS MIL CASOS

O Estado já ultrapassou a barreira dos mil casos de contaminação pelo coronavírus. São 1.117 casos e 38 mortes. E ainda tem alguns que querem todo mundo na rua, o que será uma festa para o Covid-19, com o caos na saúde e mais famílias chorando os seus mortos. Insensíveis!

CEMITÉRIO GIGANTE

Caso o governador fosse sucumbir às pressões dos que acham que o lucro vale mais do que uma vida, por certo Rio Branco já tinha se transformado num grande cemitério. Quando se mistura saúde com politicagem; seja ela, partidária ou econômica, o resultado será o caos.

UM ALERTA

“O que está acontecendo em Belém e Manaus pode acontecer brevemente no Acre”, alerta de Júlio Croda, pesquisador da FIOCRUZ, para quem o isolamento é a melhor forma de combater o coronavírus. Como é que vamos deixar de ouvir a ciência, para ouvir palpiteiros amadores?

PURA BASÓFIA

Ninguém governa sem o parlamento. Quem tentou se ferrou, como o Fernando Collor e a Dilma. Como calejado no jornalismo político sabia que mais cedo ou mais tarde o presidente Bolsonaro entraria no toma lá e dá cá, como está provando a sua aliança com os fisiológicos deputados do Centrão, que serviu a todos os governos na troca de cargos. Repete-se a história.

QUEREM INVENTAR A PÓLVORA?

Cargo de confiança não é cargo efetivo e depende da vontade de quem está no poder. Isso é ponto pacífico. A história política ensina que: aos vencedores, as batatas! A demissão de alguém de um cargo de confiança é um ato de qualquer gestão. Nada de anormal, nada agressivo e, defender tese ao contrário é querer inventar a pólvora. Que já foi inventada.

MANTENHA O ISOLAMENTO

Não existe vacina contra o coronavírus, por isso, o meio de se evitar o contágio e ficando em casa, preservando os seus e as demais pessoas. A economia se recupera, vidas, não! Brincar com a saúde é brincar com fogo, quem parte para a brincadeira acaba por se queimar.

ECONOMIA SE RECUPERA

Os EUA quebraram na grande recessão de 29 e 30, e hoje é a maior potencial mundial. O Japão foi arrasado por bombas atômicas e hoje é uma potência mundial. A Alemanha foi destruída na guerra e é uma das economias mundiais mais sólidas. Vamos parar com a bobagem de que o Acre vai desaparecer do mapa com a crise econômica que virá após a pandemia. Como se o Estado fosse detentor de um grande parque industrial e não vivesse do repasse do FPE! 

FRASE MARCANTE

“A maioria das pessoas é como os alfinetes: suas cabeças não são o mais importante” Jonathan Swift.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas