Conecte-se agora

Acre atingiu limite de atendimento para Covid-19, diz Alysson

Publicado

em

O secretário estadual de Saúde do Acre afirmou esta semana que o estado já atingiu o limite da capacidade de atendimento para pacientes de Covid-19 ao mesmo tempo em que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) situada na região do Segundo Distrito, em Rio Branco, esteve com todos os 38 leitos disponíveis para a doença utilizados, como começou a ocorrer nessa última terça-feira (5).

Para evitar um colapso na rede pública de saúde, o gestor Alysson Bestene garante que vem acontecendo remanejamentos de profissionais e de leitos entre as unidades que estão recebendo pacientes infectados pelo coronavírus. Na capital acreana, há, segundo ele, “uma logística para que não venha colapsar a rede e dar atendimento aos que mais precisam”.

A UPA do Segundo Distrito ainda tem uma capacidade de aumentar mais 10 leitos nos próximos dias, devido ao aumento da demanda. Os segundo e terceiro andar do Pronto-Socorro também estão com planejamento de remanejar pacientes para a Fundação Hospitalar para esvaziar os leitos para atendimento de Covid-19.

“Todos os dias esses número são atualizados. Adaptamos pronto-socorro para, se necessário for, internar os pacientes nesses locais. Temos em média 33 leitos em cada andar do prédio ao remanejar os pacientes para a Fundhacre. É um trabalho contínuo para ampliar o número de leitos”, explica o secretário.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas